Educação Ilhabela

Comunidade do Bonete reivindica melhorias para unidade escolar

Pais pedem contratação de gestora para escola municipal e listam 14 pedidos que foram entregues para prefeitura

Por Gustavo Nascimento, de Ilhabela

Pais e mães do Bonete, em Ilhabela, se reuniram na última semana para reivindicar melhorias para o local e sanar problemas considerados antigos pela comunidade tradicional do arquipélago. Eles formaram um grupo e elaboraram uma carta com 14 pedidos, que foi endereçada ao prefeito Márcio Tenório (PMDB) e à secretária de Educação, Estela Salinas.

Entre as solicitações, o grupo pede melhorias na Escola Municipal Antonio Honório dos Santos. Ao Tamoios News, os pais informaram que na unidade estudam cerca de 60 alunos e há 7 professores, mas não existe uma gestora. Segundo afirmaram, a contratação de uma diretora para a escola resolveria grandes impasses e organizaria tanto o lado pedagógico quanto funcional.

“Tenho dois filhos na escola e me preocupo muito com o ensino deles. Existem problemas nesta escola que se arrastam há anos. Quando a secretária de Educação esteve aqui na comunidade e, nos poucos minutos que tivemos de atenção, conseguimos entregar a carta de pedidos do que necessitamos”, disse a mãe Edneia Souza de Jesus.

Já outra moradora, Maria de Lourdes dos Santos Góes, ressalta a importância de uma pessoa no comando da unidade escolar. “É tudo muito bagunçado, nossas crianças ficam muitos dias sem aula. Estamos lutando pelo futuro de nossos filhos”, falou.

Outro lado

Em nota ao Tamoios News, a Prefeitura de Ilhabela informou, por meio da Assessoria de Imprensa, que a secretária de Educação, Stella Salinas, recebeu na tarde da última terça (2) os professores da EM Antônio Honório dos Santos. Segundo a prefeitura, no encontro também eram esperados os pais de alunos, que não puderam comparecer devido ao mau tempo e mar agitado.

Na reunião foram tratados os assuntos da reorganização da unidade, como o horário de almoço dos alunos do período da manhã e a entrada e almoço das crianças do período da tarde, sempre acompanhadas de um responsável.

Segundo a administração municipal, no último dia 26 de abril, a secretária esteve na comunidade do Bonete acompanhada pela equipe técnica da Educação – servidores da manutenção, informática, atendimento ao aluno, além de um representante da Secretaria de Obras e do setor de Comunicação da Prefeitura de Ilhabela.

“Durante a visita a secretária recebeu, por meio de carta, solicitações de pais para beneficio da unidade, algumas delas já foram atendidas, como a instalação de ventiladores nas salas de aula; manutenções técnicas no sistema de internet; foram levantadas as demandas de reparos na infraestrutura interna e externa da escola para futura reforma; contratação de mais uma Auxiliar de Serviços Gerais”, destacou a nota da prefeitura.

Na lista de reivindicações, é solicitada a contratação de uma gestora/diretora indicada pela comunidade. “O que não será possível, pois já existe uma pessoa responsável por todas as escolas das comunidades tradicionais e, além disso, a pessoa indicada pela por eles não faz parte do quadro efetivo de professores (primordial para a indicação pela lei 1092/2015 do município)”, explicou a prefeitura.

Com relação a outros itens, a secretária de Educação disse que as aulas perdidas serão repostas em atividades programadas aos sábados, totalizando os 200 dias letivos. Houve, também, uma solicitação encaminhada à Delegacia de Ensino de Caraguatatuba para atendimento na Educação de Jovens e Adultos no Ensino Médio.

“Já foi providenciada a renovação do mobiliário; os uniformes escolares estão em processo de licitação; para os computadores há uma licitação em aberto para máquinas de baixo consumo de energia (solar ou gerador). A Secretaria ainda informa que busca a melhor opção quanto a geladeira, pois assim como os computadores, é preciso analisar o consumo e o impacto na energia da comunidade”, finalizou a prefeitura.

Deixe um Comentário