Educação Ilhabela

Ilhabela realiza “Encontro Regional de Educação a partir de terça(31)

Reformas educacionais, inovação e currículo: Os desafios da Base Nacional Comum Curricular

A Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Educação e o Instituto Educação Cultura e Gestão, realizam na terça-feira (31), das 8h30 às 17h30, no auditório do Paço Municipal, o “Encontro Regional de Educação”, onde serão debatidas as “Reformas educacionais, inovação e currículo: os Desafios da Base Nacional Comum Curricular (Bncc) ”.

O evento tem o apoio do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), Instituto Singularidades, Fundação Lemann. “Encontros como este agregam com as ações que desenvolvemos ou estão no planejamento do nosso Governo. Estamos cada vez mais próximos do nosso objetivo: o reconhecimento de uma Ilhabela Educadora”, declarou o prefeito Márcio Tenório.

O simpósio será ministrado por David Boyd, Anna Helena Altenfelder, Miguel Ângelo Thompson Rios e João Roberto de Souza. “São nomes de peso, que trarão ao evento todo o seu conhecimento sobre educação, uma troca de experiência muito rica e produtiva para todos os educadores” disse a secretária da pasta, Yeda Lopes.

Prevista na Lei de Diretrizes e Bases (1996) e no Plano Nacional de Educação (2014), a BNCC é fruto de um amplo trabalho de debate e negociação com diferentes atores do campo educacional e com a sociedade brasileira. Desde 2015, o projeto conta com a participação de diversos especialistas em um processo de mobilização nacional liderado pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e pela União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e mais de 12 milhões de contribuições da sociedade civil, especialmente de educadores.

No final de 2017, o Conselho Nacional de Educação aprovou a norma brasileira que institui a Base Nacional Comum Curricular, e ela passa a ser referência obrigatória para a elaboração ou revisão das propostas curriculares das escolas públicas e privadas, tornando-se o principal parâmetro para os cursos de formação inicial e continuada de professores, para a elaboração de livros e materiais didáticos e para os sistemas de avaliação.

Realizar um processo de revisão ou elaboração curricular é complexo: demanda conhecimento técnico, disponibilidade da equipe, mobilização dos atores, mecanismos de monitoramento e investimento de recursos.

Programação:

Manhã

8h30 – Credenciamento

9h30 – Solenidade de abertura

10h30 – debate: “Reformas educacionais, inovação e currículo: Os desafios da Base Nacional Comum Curricular”.

Mediação: João Roberto Souza (Inec)

Debatedores:

David Boyd – Fundação Lemann

Anna Helena Altenfelder – Cenpec

Miguel Ângelo Thompson Rios – Singularidades

12h – debates

12h30 – almoço

Tarde

14h30 – Wokshops: “Experiências inovadoras” e “Práticas de ensino voltadas para o desenvolvimento de competências e habilidades”

16h – Painel: Dirigentes municipais de educação falando sobre “Os desafios de implementação da BNCC nas redes municipais”

17h30 – Encerramento

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.