Notícias São Sebastião

Neta diz que avô de 79 anos teve que esperar 1 hora por atendimento do Samu

Foto: Divulgação. Serviço de triagem é realizado antes do envio de ambulâncias

Por Ivânio de Abreu

 

Segundo Cristiane Soares Santos, 25 anos, o seu avô teve que esperar por uma hora para a chegada de uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O idoso Antônio Pereira da Rocha, 79 anos, que sofre por causa do câncer, passava mal na manhã da última sexta-feira (1), as 7h10, e a jovem foi informada pelo telefone de que teria que esperar até às 8h, quando as ambulâncias saem para o resgate.

“O meu avô não consegue ir sentado dentro de um carro, ele precisa ir deitado porque não pode ficar balançando, devido à doença. Mas fui informada que a ambulância só poderia ir buscar ele depois das 8h, que é quando começam as emergências no hospital”, diz a jovem.

Segundo Cristiane, o Samu chegou por volta das 8h30 em sua residência, e foram começar a medicar Rocha as 9h30 devido à demora a buscar o paciente. “Não é o primeiro caso que vejo falar sobre isso”, relata a jovem.

Equipe do Samu realiza treinamento para possivéis atendimentos

De acordo com o SAMU, o serviço dispõe de seis ambulâncias, uma avançada, com UTI, que fica localizada em Boiçucanga, na Costa Sul. As outras cinco (básicas), estão distribuídas entre Enseada, na Costa Norte, Centro, Maresias, Boiçucanga e Juquehy.  Segundo o Samu já foram 10.144, solicitações de atendimento, somente em São Sebastião, desde o primeiro dia deste ano até o momento.  Desse total, 98% das ligações resultaram no envio de uma ambulância para o socorro imediato.

Em nota a prefeitura de São Sebastião informa que o Samu funciona 24 horas por dia, sete dias por semana. Todas as solicitações são triadas e avaliadas por um médico regulador, por meio da Central de Regulação. As solicitações são avaliadas por grau de complexidade e gravidade. Ou seja, os mais graves – com risco de morte, têm prioridade de atendimento.

Ainda de acordo com a resposta enviada pela assessoria da prefeitura no período do verão (alta temporada) a equipe do Samu é reforçada com apoio do Corpo de Bombeiros no atendimento às ocorrências. Quanto ao atendimento em horários de picos de acidentes, que são das 7h às 8h30 e das 18h às 19h30  todas triadas conforme o protocolo de ação já especificado anteriormente,  nenhum caso fica sem atendimento.

 

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.