Esportes São Sebastião

Surfista da nova geração surpreende e leva WQS São Sebastião

Fotos: Ivânio de Abreu/TN. Deivid Silva leva o troféu do hang Loose São Sebastião Pro

Por Ivânio de Abreu

 

O surfista Deivid Silva, de Praia Branca, Guarujá,  conquistou nesse sábado (4), o troféu do Hang Loose São Sebastião Pro QS 3000, disputado na Praia de Maresias, no bairro da Costa Sul de São Sebastião, entre os dias 2 e 4. Com a vitória, Deivid subiu da 29° para a 21° posição no ranking do QS e terminou como vice-campeão sul-americano da WSL South America.

O atleta derrotou Flavio Nakagima por 13,66 a 12,70 pontos na sua segunda vitória seguida no Brasil, pois no domingo passado (29), também ganhou o QS de Itacaré na Bahia.

Em uma final eletrizante contra Flavio Nakagima, que já tinha eliminado nada mais nada menos que o campeão mundial Adriano de Souza,o mineirinho, Deivid levou a torcida à loucura. A praia lotada foi palco de uma disputada acirrada onda a onda. O surfista se destacou nas baterias, contou com o apoio de familiares e amigos presentes e ganhou o prêmio de 12 mil dólares.

“Estar aqui em Maresias, disputando essa etapa que gosto muito, ainda mais estando com minha família inteira na praia, meus amigos de infância La da prainha branca, estando na praia dando esse apoio é muito importante me senti muito a vontade com mais garra de vencer”, confessou o surfista.

Para chegar à final, Deivid derrotou nas quartas de finais o campeão mundial Gabriel Medina por 13,50 a 13,36 pontos. Além de ter conquistado a maior nota do campeonato, 9,87 pontos, que até então era do próprio Medina com 9,80.

Thiago Camarão conquistou o título Sul-americano

O sebastianense Thiago Camarão, que também disputou o QS 3000, conquistou o título sul-americano ao ficar em terceiro lugar na bateria que disputou pela manhã. Com isso ele ganha vaga em todos os eventos Prime do ano que vem da WSL, que seriam os eventos 10000.

“Competir em casa é muito gratificante, a torcida, tudo isso me motivou mais e fez com que eu me esforçasse. Agora é focar nos próximos eventos e fazer o meu melhor”, diz Camarão.

O prefeito Felipe Augusto (PMDB), prestigiou a competição, e destacou a importância do evento, e ressalta a disposição da cidade em investir nas próximas gerações do esporte. “Maresias volta ao cenário do circuito mundial de surf. Nós estamos investindo nas escolinhas, na base do surfe, e poder realizar um evento desse porte o QS 3000 com apoio total da WSL e mais os patrocinadores, para nós é uma alegria enorme, receber todos os competidores e claro os visitantes e turistas que vieram aqui”, diz.

Para o diretor geral da WSL South America, Xandi Fontes o retorno do evento a São Sebastião é importante. “É uma satisfação enorme estar retornando com a etapa do circuito mundial da WSL, na Praia de Maresias. Um final de semana com praia lotada, dias muito bonitos, com ondas excelentes, que proporcionou boas performances dos atletas, com um nível altíssimo, ao ponto de dois jovens competidores terem conquistados as suas baterias perante dois campeões mundiais experientes”, analisa.

Foram 128 atletas inscritos, sendo 8 que compõe o WCT de surfe mundial. De acordo com levantamento realizado pela prefeitura nesses três dias de competição,  cerca  de 50 mil pessoas estiveram prestigiando o evento.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.