Geral Ubatuba

Pessoas atravessam rio a pé por falta de ponte em Ubatuba

Prefeitura de Ubatuba diz que o processo de aquisição de material para a construção da ponte está em andamento

Por Raell Nunes

A população do Sertão do Ubatumirim, em Ubatuba, principalmente em dias de chuva, precisa atravessar um rio para fazer as atividades diárias, tais como ir trabalhar ou confirmar presença na escola.

Toda esta circunstância desfavorável aos munícipes ocorre por falta de uma ponte adequada. Os populares lutam por uma estrutura que seja possível trafegar veículos automotores e pessoas também.

“Já pensou acordar às 6h da manhã para ir à escola ou trabalho e ter que atravessar um rio?”, questiona Deise Adriel. “Até quando os moradores do Sertão do Ubatumirim vão ter que enfrentar essa humilhação?”, faz outro questionamento.

Conforme depoimentos, as crianças perdem aula quando o rio enche, pessoas perdem o dia de trabalho e, em alguns casos, outros acabam pegando doenças.

“Não está certo trabalhadores, idosos e crianças passarem por um rio gelado acima do joelho para honrar seus compromissos”, reflete Reginaldo Santos.

Alguns críticos ainda dizem que a administração da cidade está preocupada em revitalizar a Avenida e outras localidades, mas não observa que algumas pessoas vivem em situação deplorável.

“É uma questão urgente. Uma ponte nunca teve tanta utilidade assim. É triste saber que existe seres humanos que ainda passam por isso”, avalia a turista Vilma Agámez.

Em nota, a Prefeitura de Ubatuba diz que o processo de aquisição de material para a construção da ponte está em andamento. Conforme a Secretaria de Serviços de Infraestrutura Pública, após o recebimento, a estimativa de execução é de 60 dias.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.