Estradas Litoral Norte

Duplicação da Tamoios entra em fase de obras de ampliação das curvas

foto-Divulgação

Até outubro, trecho fluirá em pista simples, com uma faixa de rolamento para cada sentido de tráfego na estrada

A duplicação do trecho de Serra da Rodovia dos Tamoios tem conclusão prevista para 2020, mas já carrega números bastante significativos. Serão 21,6 quilômetros de novas pistas, sendo, desses, 15,45 quilômetros viabilizados por meio de túneis e viadutos, com o objetivo de proteger a flora e a fauna da região.

Serão gerados, até a sua conclusão, 2.238 empregos diretos, incluindo a administração da rodovia. São 22 frentes de trabalho, representando um avanço de 32,28% do total da duplicação – que deverá impulsionar o desenvolvimento econômico e do turismo da região e de todo o Vale do Paraíba.

Segundo o gerente de Meio Ambiente e Segurança do Trabalho da Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa), Marcelo Arreguy Barbosa, os desafios da duplicação da via já começaram no processo de licenciamento ambiental e concepção do projeto, uma vez que o empreendimento afeta comunidades, Unidades de Conservação, áreas com vegetação da Mata Atlântica e rica em animais silvestres.

“Compatibilizar uma obra desse porte com as questões ambientais envolve, inicialmente, a adoção de uma série de medidas preventivas e de controle no projeto de engenharia, tais como estudos de alternativas de traçado, otimização do balanço de materiais e minimização de cortes e aterros, sistema de contenção de produtos perigosos, passagens de fauna e barreiras de ruído, entre outros”, destaca.

O trecho de Planalto foi entregue duplicado pelo governador Geraldo Alckmin em 2014, ampliando em 98% a capacidade das pistas. O projeto já levou à redução do tempo gasto pelos motoristas para percorrer os 49 quilômetros de extensão entre São José dos Campos e Paraibuna. Entre os trechos já evoluídos do projeto, os responsáveis destacam o túnel do km 65, que atualmente está com cerca de 700 metros escavados.

Nova etapa

No mês de junho, foi iniciada uma nova fase das obras de ampliação das curvas localizadas no km 79,1 e km 79,5 da Rodovia dos Tamoios. O trecho fluirá em pista simples, com uma faixa de rolamento para cada sentido de tráfego, até a finalização das obras, prevista para o dia 31 de outubro.

As ampliações aumentarão a área pavimentada em mais de mil metros quadrados, aprimorando a geometria e, consequentemente, melhorando as condições de segurança. Esses serviços foram autorizados pela Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), e Departamento de Fauna e Fundação Florestal (DeFau), responsável pelo Parque Estadual da Serra do Mar. Todos esses órgãos, segundo a concessionária responsável, fiscalizam as obras.

O gerente da Divisão de Obras da Dersa, Pedro Paulo Campos, ressalta as questões ligadas ao aumento da mobilidade na região, para turistas e moradores, após a Nova Tamoios Contornos, projeto que busca promover melhorias também para o acesso ao Porto de São Sebastião.

“Os contornos possibilitarão a chegada mais rápida e segura ao Porto, que terá sua capacidade de movimentação de cargas ampliada, melhorando o escoamento de mercadorias produzidas no Vale do Paraíba e no polo de Campinas, duas das áreas mais desenvolvidas do Brasil”, diz.

Modelo

Secretários e gestores de outros Estados brasileiros já realizaram visitas à Rodovia dos Tamoios, cuja concessão foi realizada através de Parceria Público-Privada (PPP), para conhecer o modelo. O Governo do Estado abriu as portas para dialogar com essas esferas da administração pública que manifestaram interesse pelo projeto. “Estamos contentes de sermos considerados modelo nos quesitos de segurança administrativa e eficiência operacional. Nossas equipes trabalham com dedicação e foco no usuário”, comenta o presidente da Concessionária Tamoios, Marcelo Stachow.

O projeto também conta com visitas de estudantes e interessados em conhecer mais a respeito das ações da concessionária, que recebeu, em maio, a segunda turma de alunos do curso de Engenharia Civil da Universidade de São Paulo (USP) de São Carlos. O grupo, formado por alunos de graduação e pós-graduação, foi acompanhado do Engenheiro Civil da Concessionária Tamoios, Diego Chapini, e do professor e geólogo da instituição de ensino Rogério Ribeiro.

“Acreditamos que o exercício da transparência e do bem comum são conceitos que fortalecem as instituições e colocam a sociedade em um tom harmônico. Além disso, ficamos contentes em contribuir na formação dos estudantes. São eles que dirigirão o País em um futuro bem próximo”, ressalta Marcos Elia, responsável pelo programa de visitas da Tamoios.

 

 

1 Comentário

  • Provavelmente os secretários e gestores de outros Estados não denominados quais, pretendem fazer alguma obra rodoviária nos seus estados e implantar a velocidade “arrecadatória” de 80 kms horários em rodovias de duas pistas como é a Rodovia dos Tamoios hoje.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.