Estradas Notícias

Ministério Público abre inquérito para investigar quedas de barreiras na Mogi-Bertioga

Foto: Divulgação

Foram cinco ocorrências  só este ano 

 

O Ministério Público de São Paulo, por meio da 5ª Promotoria de Justiça de Mogi das Cruzes, instaurou, na última quarta-feira (11), inquérito civil para averiguar da segurança viária da Rodovia Mogi-Bertioga (SP-98), diante de constantes quedas de barreiras ocorridas entre os quilômetros 82 e 89, no trecho da Serra do Mar, na divisa entre os municípios de Mogi das Cruzes e Bertioga.

Na portaria de instauração, o promotor de Justiça Leandro Lippi Guimarães considera a notícia de que, recentemente, foi registrada mais uma queda de barreira na rodovia , e que já ocorreu outras três vezes só em 2018, em pontos diferentes da estrada.

Isso porque na ação, o promotor não contabilizou a queda de barreira no local neste domingo. O que contabilizou o o 5º deslizamento registrado neste ano no mesmo trecho.

O membro do MPSP destaca ainda, entre outros aspectos, que a Mogi-Bertioga possui considerável tráfego de veículos e que os usuários correm riscos com a constante liberação das pistas, mesmo após as frequentes quedas de barreiras, o que fez surgir a necessidade de aprofundar as investigações sobre os fatos.

A Promotoria determinou o envio de ofícios à Defesa Civil de Mogi das Cruzes, Bertioga e do Estado de São Paulo, ao Corpo de Bombeiros, Departamento de Estradas e Rodagens e à Fazenda Estadual pedindo esclarecimentos sobre as quedas de barreira na Rodovia Mogi-Bertioga neste ano. Foi dado prazo de 15 dias para o envio das respostas.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.