Caraguatatuba Estradas

Prefeitura tenta encontrar área para vendedores de bananas

Prefeitura negocia com Concessionária Tamoios retorno da venda de bananas às margens da rodovia

A prefeitura tenta junto a Concessionária tamoios, que administra a rodovia que liga a cidade à São José dos Campos, um novo local para que os vendedores de bananas possam comercializar seus produtos às margens da rodovia.

Em maio deste ano, uma ação judicial movida pelo DER(Departamento de estradas de Rodagem), obrigou a retirada de nove barracas pertencentes aos comerciantes de bananas instaladas no Km 82.

Algumas famílias vendiam bananas no local há mais de 30 anos. A justificava do DER foi de que as barracas estavam instaladas em área de apoio a rodovia e ofereciam risco de acidente, quando os carros paravam para comprar as frutas.

Reunião

Em reunião ocorrida ontem, quarta(11), com representantes da Concessionária Tamoios, a Prefeitura apresentou a proposta de uma nova área para que os comerciantes de bananas possam exercer a venda nas proximidades da rodovia.

A proposta, que partiu da própria Associação dos Bananeiros, é de utilização de uma área particular, cujo proprietário é um dos comerciantes de banana. O espaço fica próximo ao local onde tradicionalmente os bananeiros estavam estabelecidos.

Participaram da reunião o vice-prefeito e secretário de Mobilização Urbana e Proteção ao Cidadão, Campos Júnior, o secretário de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca, Marcel Giorgeti, o chefe adjunto de Gabinete, Givanildo Nunes, além dos representantes da Concessionária Tamoios, Alberto Sogayar, Robson Ávila e Alex Bicudo.

O gerente de Engenharia, Robson Ávila, explicou que o primeiro passo é a visita técnica na área para que possam verificar a possibilidade de utilização do terreno para a atividade.

Já o Relações Institucionais da empresa, Alberto Sogayar, mostrou o interesse da empresa em resolver a situação e explicou que a aprovação definitiva da proposta será feita pela Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp). “Somos sensíveis à questão e queremos atender essa comunidade, por isso, me comprometo a ser o gestor desse pedido junto à agência, para que a apreciação seja feita o mais rapidamente possível”.

Para Campos Júnior, é importante que todos os esforços sejam feitos para tirar os comerciantes da informalidade e dar a eles condições para que continuem o trabalho que há décadas exercem.

 

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.