Estradas Notícias

Usuários reclamam de limite de velocidade na Rodovia dos Tamoios

Diogo Moreira/Divulgação

Por Juliane Zapparoli

Usuários que utilizam a Rodovia dos Tamoios com frequência reclamam da velocidade estipulada na via. A estrada conta com diversos radares com limite de velocidades que variam de 60Km/h a 80Km/h.

O prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior já fez pedido para o governador Geraldo Alckmin, para aumentar o limite de velocidade da rodovia. De acordo com Aguilar Junior, muitas pessoas reclamam, pois, a rodovia está com a velocidade considerada “baixa”, para a qualidade de rodovia.

O prefeito pediu, durante a cerimônia de detonação de rocha do túnel,  no dia 28 de agosto, a realização de um estudos para o Estado e para a Concessionária Tamoios sobre a viabilidade técnica para reavaliar o limite de velocidade no trecho Planalto da rodovia.

O caiçara Luís Antônio Rodrigues, que utiliza a rodovia até duas vezes por semana, avalia que a rodovia é necessária, porém, foi mal planejada. “Principalmente em relação ao traçado, que tem muitas ondulações no asfalto. Quando chove forma bastante poça de água, ficando muito perigosa para o carro aquaplanar. Muitas curvas cegas e pedágios caros”, afirma.

De acordo com Rodrigues o serviço prestado pela rodovia também não é satisfatório. “Uma obra que vem se arrastando, que foi inaugurada a toque de caixa e depois de alguns anos se preocuparam com passarelas para segurança dos pedestres, muitos Pare E Siga, lugares com meia pista que já poderia ter sido concluído. Muita lama, principalmente em alguns pontos da serra também, e claro radares que multam a 60 KM com uma rodovia que a velocidade máxima é 80 km. Muito confuso, eu por exemplo em um final de semana levei quatro multas achando que poderia passar a 80 km nos radares”.

Para o radialista Rogério S. Gonçalves, de Itu, que utiliza a Tamoios com frequência para realizar eventos em Caraguá, acredita que em alguns trechos poderia ser alterada a velocidade. “É só terem bom senso, 80 km o percurso todo não dá e acredita que 110 km é uma boa velocidade”.

Gonçalves entende que multas que recebeu por excesso de velocidade, não seriam necessariamente uma infração. “Tem trechos que passei a 90 km/h e a velocidade é 80km/h. Acho que isso não é infração. Tomei duas multas por causa disso. Às vezes você precisa fazer uma ultrapassagem e excede um pouco. Se eu dirigir o tempo todo olhando o velocímetro eu vou bater o carro”, observa.

 

De acordo com a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), atualmente não há pedido formal para alteração de velocidade na Rodovia dos Tamoios.

Em maio deste ano, o DER autorizou a alteração da velocidade para 80 km no trecho entre o km 016+500 e o km 019+500, da SP- 099. Os limites de velocidade são estabelecidos por estudos técnicos que levam em conta os fatores como o traçado da rodovia, a quantidade de pistas, se há trechos de aclive ou declive, os raios de curvatura, a quantidade de acessos, a existência (ou não) de via marginal, interferências (ou não) urbanas, entre outros.

A reportagem enviou questionamento para a Concessionária Tamoios perguntando sobre os radares, velocidade, porcentagem de multas, pedágios, gasto com a manutenção da rodovia e a taxa de mortalidade de acidentes na via. Por meio de nota, a concessionária foi concisa:

“As informações de velocidade da Rodovia, encontra se no portal, as multas e radares da Rodovia, não são de responsabilidade da Concessionária Tamoios, temos o compromisso em realizar as instalações e manutenções dos equipamentos conforme normas vigentes em contrato com a ARTESP”.

 

 

22 Comentários

  • A velocidade nao vai mudar sabem porque? As autoridades nao estao preocupadas com o usuario ou seguranca coissisima nenhuma..ja ouviram falar da fabrica de multas? Sabem o quanto o governo arrecada por cada habilitacao suspensa? Entao..e isso q importa alem do que e um absurdo a cobranca de pedagio num canteiro de obras..que e exatamente o que a rodovia dos tamoios e hoje…um canteiro interminavel de obras

  • Quem está interessado em aumentar o limite de velocidade são os turistas de fim de semana, tipo de usuário desnecessário a região. Quem mora e transita TODO DIA aqui sabe muito bem dos perigos da estrada… Apressadinhos não são bem vindos. Limite atual é pra segurança do usuário, dos moradores das cidades que REALMENTE utilizam a rodovia. Quem estiver com pressa, por favor..nem venha. Obrigado.

    • Pare de xenofobia, esta história de regionalismo é ultrapassada, a verdade é que foi gasto milhões de dinheiro público para fazer uma rodovia ultrapassada, cheia de desníveis e curvas erradas, ou seja uma rodovia apenas para atender a parte politica e não visando a segurança e melhoria. Quando esta história de não venham para esta região, primeiro é uma rodovia certo !!! sendo assim é pública, todos podem ir e vir quando quiser e quantas vezes quiser, não é uma estrada dentro de uma propriedade particular.

  • A maioria do trajeto permite sim aumento de velocidade, pois parte da estrada é boa e corta trecho de vegetação, não oferecendo perigos de atropelamento ou colisões. É lógico que existem trechos que devidamente sinalizados podem ficar do mesmo jeito por ser próximo a trechos urbanos. Só não é feito porque a fábrica de multas não permite e o governo de São Paulo entende disso.

    • Só por passar por vegetação quer dizer que não tem perigo? E os animais? A velocidade tem de ser baixa por segurança de todos, se a 80km/h já existem excessos imagina se subir a velocidade

      • Animais atravessam rodovias no Brasil e no mundo. Faça uma campanha para preservação com grades de proteção em todas as rodovias, não só na Tamoios. Limites de velocidade são feitos com laudos técnicos para motoristas habilitados e percebe-se claramente que não é o caso da Tamoios, se comparado a maioria das estradas brasileiras. Aqui é fábrica de multas sim, com certeza. E quando vários usuários opinarem constataremos que é opinião da maioria e numa democracia, maioria ganha.

      • Desculpe, mas ouso discordar da sua opinião. Recentemente quase atropelei um lagarto em plena rodovia Dom Pedro, onde o limite de velocidade é superior ao da tamoios. Então, a presença de animais independe da velocidade da rodovia.

  • Os limites de velocidade impostos na Rodovia dos Tamoios tem criterio EXCLUSIVAMENTE ARRECADATORIO. Antes da duplicacao, com pista unica os limites eram 90 km isso mesmo NOVENTA KM POR HORA. Feita a dupli acao deve agora estar mais perigosa BAIXOU para 80 km. Enquanto isso, apesar do carissimo valor do pedagio cobrado na praca da serra temos pista unica no km 53 a mais de um ano e para e siga demorados. Ou seja cobram adiantado para fornecer servico e conforto e isso nao acontece. Juridi amente se denomina ESTELIONATO.

    • A velocidade foi determinada para preservar a segurança dos usuários, a rodovia corta trechos urbanos e aumentar o limite aumenta o risco de acidente. É só andar na rodovia para ver a quantidade de curvas e o pavimento ondulado. Aumentar traria mais risco de acidente.

  • Utilizo a rodovia pelo menos uma vez por semana. Concordo que o limite de velocidade deveria ser alterado para 100/110 km por hora. Alguns trechos tem muita ondulação mas isso a concessionária deve resolver. Afinal é pra isso que cobra pedágio. O trecho onde existem obras deve ser melhor sinalizado, principalmente na serra

  • Voce não entendeu a reclamação dos leitores usuarios da Rodovia dos Tamoios. A sinalização foi implantada visando EXCLUSIVAMENTE arrecadação, ou seja, um pedágio indireto. Não sei se lembra, antes da duplicação a velocidade máxima era de 90 kms por hora, em pista unica e curvas mais acentuadas. Agora com a duplicação, com gastos de milhoes de Reais, em tese a rodovia ficou mais segura, baixaram a velocidade máxima para absurdos 80, 60, 40 e ate 30 kms por hora. Como usuarios e brasileiros, não podemos nos conformar imposições como esses.

  • Os turistas são muito bem vindos sim obrigado, eu meus pais e muitos amigos meus trabalham no comércio e a cidade em si depende muito dos turista porque trazem dinheiro para população.

  • Antes da duplicação a velocidade era de 100 km/hora depois da duplicação passa para 80 Km/hora com trechos de 60 Km/hora isso é uma vergonha! Melhorar a estrada para andar mais devagar , isso é coisa de algum “gênio”.

  • Meu caro sergio luiz fica claro q vc nao e do litoral norte,pois jamais alguem do litoral norte diria a um turista para nao vir…segundo d acordo c vc a velocidade baixa esta diretamente ligada ao fator seguranca …entao rodovias como don pedro..carvalho pinto…washington luiz e outras podemos dizer q sao inseguras? E a tamoios um exemplo de seguranca! Leva a mal nao amigao falta muito p ramoios poder ser chamada de uma rodovia segura

  • Verdadeiro exemplo de roubo descarado aos usuários.
    80 e 60km/h só se explica para arrecadação de multas!
    Estrada ridícula, cheia de obras, pontos ruins, reformas que se arrastam há meses…
    E ainda tem alguns que acreditam que os apressadinhos e forasteiros que querem transitar acima da velocidade? Kkkkkk Bando de hipócritas… quero só ver se andam na Dutra ou na Carvalho Pinto (também duplicadas) a 80km/h. Esses ditos respeitadores das leis são os piores, e tão ridículos quanto os que estão ganhando com essa vergonha!
    Ahh… as praças de pedágio… essas sim estão perfeitas e funcionam 100%! Foram feitas perfeitamente e nem precisaram de reformas!

  • Faltando 163 acessos, inúmeras passarelas, pondo os usuários em absoluto risco, deviam ser responsabilizado civil e criminalmente.
    Mas………as praças de pedágio da rodovia realizadas a toque de caixa em detrimento a outras obras mais importante para segurança.
    Com rodovia trecho planalto inacabados cobrando um pedágio estorcivo e fazendo como lema segurança para deixar a velocidade a absurdos 40, 60 e 80 locupretando as burras da ganância da iniciativa privada é do estado.

  • A Tamoios é uma rodovia voltada para a industria da multa, por isso não alteram a velocidade, inclusive já foi postado no Face motoristas flagrando carros da Dersa no acostamento com radar escondido com intuito de multar. Agora a Dersa só sabe multar, pois tem um trecho próximo à represa de Paraibuna que está interditado a mais de um ano e nem sinal de reparos, para cobrar pedágios e multar é uma beleza agora conservar a rodovia é uma tartaruga.

Deixe um Comentário