Fiscalização Meio Ambiente

Governo Federal encerra antecipadamente a pesca da Tainha

A pesca foi encerrada no dia 12 e descarga do pescado, no sábado (14)

 

O governo federal decidiu encerrar antecipadamente a captura da tainha em todo sul e sudeste brasileiro. O prazo se encerraria no dia 31 deste mês.

O governo se baseou em estudos feitos pelo Ibama, que comprovaram que, em menos de um mês a cota liberada para captura, de 3.417 toneladas, foi excedida. Em menos de 30 dias foram capturadas 5.387 toneladas de tainha.

A medida do governo federal não impede a venda do pescado, apenas a captura. Em um mês, a polícia ambiental autuou oito embarcações por pesca irregular no litoral de São Paulo. As multas chegaram a R$ 2, 9 milhões.

Segundo a Secretaria-geral da Presidência da república e o Ministério do Meio Ambiente as frotas industriais estão proibidas de fazer a captura da tainha até a abertura da nova safra em 2019.

O encerramento antecipado do período de captura da tainha foi decidido para a preservação da espécie. As autoridades constataram ainda que embarcações de Santa Catarina e do Rio de Janeiro estavam atuando irregularmente nos estados de São Paulo e Paraná na captura da tainha.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.