Geral São Sebastião

Moradores protestam contra possível demolição de casas na Costa Sul  

 

 

Por Maria Jaislane 

 

Os moradores da Praia Brava localizada no bairro de Boiçucanga, na Costa Sul de São Sebastião, estiveram ontem, terça(7) na Câmara Municipal para pedir apoio aos vereadores contra uma possível demolição de 50 casas no bairro. 

Cerca de 40 moradores protestaram contra possível demolição de casas na Praia Brava

 

Comissão de moradores em conversa com vereadores

Os moradores compareceram a sessão portando faixas e cartazes. Segundo Marcelo Carvalheiro Mendes, presidente da Ambrava(Ambiental da Praia Brava), diversos guarda parques, armados, andam intimidando os moradores do local, afirmando que terão de desocupar suas casas.

 

Segundo Mendes, há cerca de cinco anos, a Fundação Florestal ampliou a área de parque, o que acabou abrangendo as casas da Praia Brava. Essa situação, segundo ele, tem gerado muita intranquilidade junto aos moradores.

“A comunidade está sendo ameaçada e constrangida, sem nenhuma decisão judicial, e a todo momento estão nos ameaçando para sairmos das nossas casas, caso contrário serão destruídas”, denunciou Mendes.

 

O protesto fez com que a sessão fosse interrompida para que os vereadores pudessem conversar com uma comissão formada pelos moradores.

  

O advogado dos moradores, Carlos Alberto Zambotto, afirmou que nenhum deles recebeu qualquer notificação por parte da Fundação florestal e que, a resolução nº 360 do Conama(Conselho Nacional do Meio Ambiente), prevê a manutenção de áreas consolidadas, mesmo que de interesse público.

 

Pelo o que se constatou junto aos moradores, o que existe é uma ação de desocupação voluntária que, caso não seja cumprida, pode gerar uma ação de desocupação e eventual demolição das casas por parte da Fundação Florestal. 

 

Após se reunirem com os moradores, os vereadores se comprometeram em cobrar da prefeitura a transformação da área ocupada, em uma Zeis(Zona de Especial Interesse Social), o que manteria os atuais ocupantes no local.

 

Comissão

 

Foi protocolado na Câmara Municipal e, apresentada ao legislativo, a Comissão Pró- emancipação da Costa Sul. Movimento que pretende iniciar o processo para emancipar os bairros da costa sul do município de São Sebastião.

 

Posse 

 

Na sessão, também foi determinada, a posse do segundo suplente Diogo Nascimento (PEN), que assumiu a cadeira de Paulo Mathias Filho, o Paulinho do Cartório (PSDB), que deixou o Legislativo para ser o secretário adjunto de Habitação.

 

Uma nova mudança ocorrerá a partir da próxima sessão. O vereador Daniel Simões (PP), tirou licença de 30 dias, sem remuneração. Quem ocupará sua cadeira será Everton da Silva Leandro, o Tico do Jaraguá (PP). 

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.