Política São Sebastião

Movimento de emancipação já tem comissão e apoio de vereadores

Prefeito disse que se for a vontade da comunidade da costa sul, ele é favorável ao plebiscito

 

Por Maria Jaislane 


Um movimento iniciado para emancipar os bairros da costa sul já tem comissão formada e conta com o apoio de dois vereadores da cidade. Nas redes sociais, o apoio à iniciativa, cresce a cada dia, segundo os organizadores.

 

O presidente da comissão pró-emancipação da Costa Sul é Gilberto Silva, de Cambury; o vice-presidente é Helder Lucas, também do mesmo bairro. Os dois vereadores, Daniel Simões (PP) é de Boiçucanga; Pixoxó(PSC), de Cambury.

 

O movimento iniciado pelas redes sociais, na semana passada, organizou no sábado (4), sua primeira reunião, com a participação de representantes das sociedades amigos de bairros, empresários, comerciantes, moradores e vereadores.

 

Segundo Silva, o movimento de emancipação visa beneficiar os moradores, veranistas, comerciantes e empresários da Costa Sul.

 

“Vamos agilizar o processo inicial e, depois, protocolar o pedido na Câmara dos Deputados e na Assembleia Legislativa de São Paulo. Eles, os deputados, vão custear o estudo da viabilidade da implantação do novo município”, disse Silva. 

   

“É um desejo antigo da população da Costa Sul, há muitos anos. Em 1998, foi iniciado um processo nesse sentido, que chegou a ser protocolado na Câmara, mas, ficou parado. A Costa Sul vem sofrendo e sendo tratada como “quintal”, e isso não é de agora”, comentou Helder Lucas, vice-presidente da comissão.  

 

O vereador Pixoxó acredita no sucesso da emancipação e, já faz planos. Segundo ele, o novo município a ser criado, deverá valorizar o turismo e a cultura da costa sul para atrair turistas, movimentar o comércio e gerar renda e emprego.

 

Segundo o vereador Daniel Simões, a costa sul não tem os serviços necessários, por isso, a ideia de se emancipar do município de São Sebastião.

 

“Com a emancipação, toda a arrecadação com o IPTU(Imposto Predial e Territorial Urbano) obtida na costa sul, seria investido em educação, saúde e nas demais necessidades da região”, comentou ele.

 

O presidente da SABU(Sociedade Amigos de Barra do Una), Raoul Cardinali Júnior, presente na reunião, cobrou seriedade nas ações.

 

Cardinali disse que espera que a discussão seja para o benefício da população e, não apenas, para fins políticos, visando à criação de mais cargos, ou seja, se transformar em um cabide de empregos.

 

O empresário Carlos Alcântara, de Juquehy, disse que o movimento pró-emancipação tem crescido nas redes sociais.

 

Segundo ele, trata-se de um de vontade unanime em toda a região. A comissão pró-emancipação divulgou um telefone para as pessoas aderirem ao movimento ou participar das reuniões: (12) 99764-4890.

 

O prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto(PSDB), informou, através de nota, que se for a vontade da comunidade da costa sul, ele é favorável ao plebiscito.

2 Comentários

  • Que fontes de renda o futuro município precisarão ter para suportar as despesas? – Folha de pagamento da prefeitura, câmara municipal, serviço de limpeza pública, segurança (GCM), postos de saúde, apoio à PM, Polícia Civil, forum da justiça estadual, etc
    Historicamente as maiores e permanentes inadimplências com o IPTU de São Sebastião estão na costa sul, assim, este imposto não pode ser a principal fonte de receitas do futuro município.
    Outra fonte de renda seria o ISS, mas na costa sul não terá uma Petrobras e sim estabelecimentos na maioria de pequeno porte e a arrecadação do setor hoteleiro é sazonal, sobretudo entre a segunda quinzena de dezembro e o carnaval. Fora isso, terão os repasses do ICMS estadual que é o que sustenta boa parte dos pequenos municípios do Brasil, mas sujeito à boa vontade do Estado a que pertencem, pois existem muitas reclamações de demora na liberação destes repasses.
    Tudo isso e muito mais precisa ser exaustivamente discutido pela sociedade local, para que o futuro município não se torne mais um entre muitos que vivem permanentemente com o pires na mão, ficando numa situação pior que a atual.

  • Esta turma dos #100noção!. Estão se superando cada vez mais…Oposição e rejeitados nas urnas…Querem uma Prefeitura, Câmara de qualquer jeito e o povo que tem que pagar por isso!.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.