Litoral Norte Notícias

Forte chuva e trânsito intenso tomam conta da região

Foto: Raell Nunes/TN

Por Raell Nunes

 

A constante chuva e um trânsito intenso estão deixando a volta dos turistas para casa após o Carnaval mais estressante. Além disso, o Litoral Norte sofre com diversos pontos de alagamentos e enchentes causadas pelas tempestades que se perpetuam acentuadamente desde segunda-feira (13).

Muitos visitantes deixaram a região mais cedo, mas mesmo assim enfrentaram um trânsito caótico na rodovia dos Tamoios. O trânsito lento na SP-99 trouxe reflexos ainda hoje (14), em Caraguatatuba. De acordo com a Concessionária Tamoios, cerca de 225 mil veículos trafegaram pelo rodovia durante o feriado de Carnaval.

Foto: Michelle Salaro/ Divulgação. Trânsito em Caraguá, na tarde de hoje (14)

Outra estrada que está com lentidão é a rodovia Oswaldo Cruz, que liga Ubatuba a Taubaté. A situação ficou árdua nessa terça, e continua nesta quarta-feira (14).

Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), o tráfego está lento entre o km 90 e 78 sentido Taubaté e normal sentido Ubatuba – tempo instável e visibilidade reduzida devido à neblina na serra.

Ainda conforme o DER, a Rodovia Rio-Santos sentido São Sebastião também está com o trânsito intensivo. No trecho de Ubatuba a São Sebastião, o tráfego permanece lento e com pontos de parada entre o km 70 e 100.

Alagamentos – Em Ubatuba, a situação dos alagamentos e pequenas enchentes incomoda muitos moradores. “Ficamos ilhados. Há anos isso acontece e nada muda. Nós moradores jogamos entulho, daí vem a máquina passa dizendo q vai passar para poder arrumar mais o que eles fazem e é só tirar o entulho que jogamos”, relata Luara Soares, moradora do bairro Estufa 2, que pede socorro às autoridades há tempos.

Foto: Raell Nunes/ TN. Rua no bairro Estufa 2 com diversos pontos de alagamento na tarde hoje

Segundo depoimentos, rios da cidade estão transbordando e lugares próximos à praia, como na Vermelha do Centro, Tenório, Praia Grande e Maranduba estão alagados. Os bairros da região oeste, como Ipiranguinha e Morro das Moças também sofrem.

Outra moradora, Carmem Lúcia dos Santos, disse que na Estufa 1 as ruas parecem piscinas e só é possível sair de casa nadando ou de barco. “Isso é falta de planejamento. Uma coisa gira a outra: não tem saneamento básico, não tem rua asfaltada, só buraco, então todo alagamento é consequência”, desabafa.

Ontem, duas famílias ficaram ilhadas na Costa Sul de São Sebastião por causa das chuvas que se intensificaram. O volume de chuva ainda deixou parte da cidade sem água por problemas na captação. Os bombeiros informaram que a chuva começou ainda na madrugada e praticamente não deu trégua na cidade. Várias ruas na Costa Sul ficaram alagadas. Os locais com maior índice de água são Maresias e Cambury.

Vistorias – Em Ilhabela, a Defesa Civil realiza desde a manhã dessa terça-feira (13), uma série de vistorias, em caráter fiscalizatório, em diversos pontos da cidade devido as chuvas dos últimos dias.

Até o momento foram registradas quedas de árvores nos bairros do Veloso, São Pedro, Curral, Barra Velha e Saco da Capela, além do isolamento de um muro no bairro do Bexiga devido a grandes rachaduras que colocam a estrutura em risco.

O arquipélago registra 83mm de chuva acumulada nos últimos três dias e, segundo a meteorologia, irá receber mais volume pluvial até a próxima sexta-feira (16).

Foto: PMI. Trânsito foi prejudicado com queda de árvore em Ilhabela

O prefeito de Ilhabela, Márcio Tenório, ressalta que o setor está de prontidão para intervir em qualquer ocorrência que possa ser registrada no município.

“Nossa equipe está preparada para atender as possíveis demandas. Estamos trabalhando desde às 7h e continuaremos em alerta, visto que a previsão é de chuva para os próximos dias”.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.