Litoral Norte Meio Ambiente

Pescador de Bertioga tem barco apreendido após pescar em Alcatrazes

Fotos: Divulgação

Por Maria Jaislane

Uma operação do ICMBIO (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), junto com a Polícia Ambiental apreendeu um barco pesqueiro no Arquipélago de Alcatrazes, em São Sebastião, nessa última quinta-feira (03). O local, um refúgio de vidas silvestres, é uma unidade de Conservação Federal, onde é proibida a pesca.

De acordo com a coordenadora de proteção do ICMBIO, Edineia Caldas Correia, o pescador, da cidade de Bertioga, transportava cerca de 15 a 18 pessoas para praticar o turismo de pesca, em locais proibidos e já havia sido multado seis vezes. Em todas às vezes, além da multa, todos os materiais de pesca também foram apreendidos e as pessoas que estavam com ele também foram multadas. As multas variaram entre R$ 5 mil e R$ 30 mil.

Porém o pescador sempre incorria no mesmo crime, já que o ICMBIO não tinha estrutura para retirar imediatamente as embarcações encontradas nessas situações. Sendo assim, o pescador ficou como o depositário da embarcação.Como percebemos que as multas não estavam sendo o suficiente para fazê-lo parar com as atividades ilícitas, vimos que a única forma dele parar de causar este dano na unidade, seria retirando a embarcação”, afirma analista ambiental.

Apesar disso o pescador dava continuidade às atividades impróprias. Precisávamos de um tempo para nos organizar, a fim de conseguir o recurso junto à diretoria do ICMBIO para retirar o barco da água, pois não é uma ação tão simples”, explica Edineia.

Assim, o termo de depósito foi revogado, onde a guarda da embarcação passou a ser da ICMBIO, a qual retirou da água.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.