Cidades Ilhabela

Márcio Tenório faz nova denúncia do serviço de travessias ao Ministério Público

Foto: Divulgação

 

Depois de inúmeros pedidos e reivindicações, o prefeito de Ilhabela Márcio Tenório denunciará, mais uma vez, ao Ministério Público (MP), o mal serviço prestado na travessia São Sebastião-Ilhabela. Tenório quer providências imediatas do Governo do Estado com relação ao serviço oferecido ao usuário. O documento já foi preparado pela Advocacia Geral do Municipal e deve ser encaminhado ao MP ainda nesta semana.

“É público que tenho cobrado ações efetivas do governo estadual para melhorar o péssimo serviço prestado à nossa população. Cobrei pessoalmente o governador Alckmin e recentemente entreguei ofício ao novo governador, Márcio França, denunciando o desserviço da Dersa. Levei também a denúncia aos órgãos fiscalizadores, em São Paulo e Brasília. Lutamos pelo interesse coletivo e será sempre assim durante a nossa Administração”, disse o prefeito.

Em 2017, o prefeito cobrou pessoalmente, à época, o então governador Geraldo Alckmin sobre a travessia de balsas, bem como encaminhou documentos solicitando melhorias, inclusive ao Ministérios dos Transportes.

No ofício que entregou ao governador, Tenório expôs os problemas causados aos moradores, estudantes e trabalhadores do arquipélago que utilizam diariamente a balsa, e pede apoio para viabilizar melhorias ao serviço de travessia entre São Sebastião e Ilhabela.

O prefeito lembra que a questão já foi denunciada por autoridades e usuários do serviço, mas os problemas continuam se repetindo e a estrutura é praticamente a mesma, com balsas antigas e precárias fazendo o transporte de passageiros junto aos veículos.

“O sistema de travessia representa uma permanente preocupação e queremos uma posição firme do governador para solucioná-la. Não dá mais para esperar, precisamos de uma solução para o problema”, afirmou Tenório.

Uma reunião com dirigentes da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) para demonstrar a indignação da gestão municipal e da população com o ineficiente serviço de travessia das balsas foi realizado no final de 2017. Em novembro daquele ano, o prefeito visitou a sede da Dersa em São Sebastião, para cobrar solução imediata quanto à operação da travessia.

Também há conversas com o município de São Sebastião para o projeto conjunto de implantação de um novo sistema de travessia de balsas entre as duas cidades. A ideia para a nova travessia de balsa envolve, ainda, outros órgãos estaduais como a Companhia Docas de São Sebastião (CDSS), Dersa, além da Marinha do Brasil. A nova travessia deverá ser deslocada um pouco mais ao norte do local onde se encontra e será nos moldes de gaveta. O projeto contempla um bolsão de estacionamento, suficiente para diminuir o tempo de espera na fila e ao mesmo tempo impedir congestionamentos.

“As cobranças acontecem e os projetos são estudados para oferecer um serviço de qualidade ao usuário da travessia São Sebastião-Ilhabela. O que não pode continuar é este desserviço, prejudicando nossos trabalhadores e estudantes. Vamos continuar reivindicando e fazendo o que for possível para melhorar a qualidade de vida de cada ilhabelense. Este é o meu compromisso”, concluiu o prefeito Márcio Tenório.

Outro lado – A Dersa – Desenvolvimento Rodoviário S/A informa que até o momento não recebeu nenhuma notificação por parte do Ministério Público e que, tão logo isso ocorra, prestará todas as informações necessárias, como sempre o fez.

A Companhia diz manter diálogo permanente com os municípios e suas autoridades, compreende os anseios dos usuários nas regiões onde atua e ressalta que não mede esforços na busca permanente pela eficiência nos serviços das Travessias Litorâneas. Prova disso, segundo a empresa, é que nos últimos dois anos já foram entregues 18 embarcações completamente reformadas e modernizadas, com investimentos de R$ 43,6 milhões do Governo do Estado. Dessas, quatro operam atualmente na Travessia São Sebastião/Ilhabela.

Além disso, foi investido recentemente R$ 1,4 milhão na instalação de novas rampas, pontes e passarelas para acesso aos flutuantes da Travessia, em ambos os lados, garantindo mais segurança aos usuários e agilidade no embarque e desembarque de veículos e pedestres.

 

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.