Cidades São Sebastião

Prefeitura estuda implantação de polo da AACD

Foto: Divulgação

 

A Prefeitura de São Sebastião, representada pelo vice-prefeito Amilton Pacheco, se reuniu com os superintendentes da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), juntamente de representantes da Secretaria da Saúde (SESAU) e da Secretaria da Pessoa com Deficiência e do Idoso (SEPEDI), para tratar sobre a possibilidade de implantação de um polo da Instituição no município.

Na ocasião, os superintendentes Valdesin Galvan e Emanuel Toscano, e o gerente da Oficina Ortopédica da AACD, Luiz Eduardo Belardinuci, avaliaram a possibilidade de atendimento de pessoas com deficiência, referente a cadeiras de rodas, órteses, próteses e outros meios auxiliares, com a equipe da SEPEDI, composta por Juliana Coelho, Jaime Martins e João Gustavo dos Santos Ângelo, e Emilie Pacheco, representando a SESAU.

Após a conversa preliminar, ficou agendada para a próxima semana uma visita técnica dos superintendentes com sua equipe no município para avaliação, com o objetivo de analisar precisamente a possibilidade de implantação de uma nova unidade da Instituição.

Sobre a AACD – Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) é uma associação sem fins lucrativos brasileira, com sede em São Paulo, que visa tratar, reabilitar e reintegrar à sociedade crianças, adolescentes e adultos portadores de deficiência física.

A AACD foi fundada pelo médico ortopedista Renato da Costa Bonfim, em 1950, e a ideia surgiu após o médico ter ido fazer estágio em Ortopedia Infantil nos Estados Unidos, onde conheceu vários centros de reabilitações para deficientes físicos.

No ano de 1962, a AACD passou a produzir diversos tipos de próteses, órteses e acessórios. Desde então, já foram construídos sete novos centros de reabilitação. A AACD hoje em dia já ajudou milhares de crianças com deficiências físicas.

 

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.