Cidades São Sebastião

Apesar de comodato, prefeito garante que carrinhos novos são dos ambulantes

Fotos: Leonardo Rodrigues/ TN

Segundo Felipe Augusto, em breve será feito doação dos equipamentos

 


Por Leonardo Rodrigues

A entrega de novos carrinhos a ambulantes por meio de um contrato de comodato, não deve trazer ameaça à posse do equipamento, que é instrumento de trabalho desses trabalhadores. Pelo menos é o que prometeu o prefeito Felipe Augusto, durante cerimônia de entrega de 13 novos carrinhos para ambulantes que atuam na Praia da Cigarras, na Costa Norte de São Sebastião, na manhã dessa sexta-feira (9).

“O carrinho é deles (ambulantes). Ninguém vai tirar o carrinho deles. Mas pela frente será feito doação desses carrinhos”, revela o prefeito ao comentar que a entrega dos novos equipamentos sob comodato entre a empresa patrocinadora Amstel e os ambulantes, foi apenas “como este processo foi iniciado”.

Tal processo, a qual o prefeito se refere é à primeira etapa de padronização do comércio ambulante. Até o final do ano, deve ser feito em todas as praias da cidade.

As declarações de Felipe Augusto vem ao encontro de alguns profissionais que demonstraram dúvidas quanto ao benefício. A Associação de Vendedores e Ambulantes de São Sebastião (Avass) reclamou de problemas na padronização do comércio ambulante. Entre os problemas estaria justamente na condição de entregar o carrinho de propriedade do ambulante para ganhar outro por meio de comodato.

Contudo, Felipe Augusto afirma que o tema, como as condições de implantação dessa padronização, foi “amplamente discutido em 2017”. O prefeito diz que inicialmente a preocupação era a retirada de carrinhos antigos, que não tinham as especificações da Vigilância Sanitária, e nem condições de higiene.

Entre os ambulantes da Cigarras, muitas informações desencontradas e dúvidas durante a cerimônia desta sexta-feira. Alessandro da Silva, que trabalha há 10 anos na Cigarras, dizia desconhecer a entrega por meio de comodato, e que foi orientado apenas que para receber o carrinho novo deveria se entregar o antigo.

“Pelo jeito que falou o carrinho (novo) é nosso. Mas também não foi assinado nada ainda. A única coisa que fizemos foi se inscrever, mas ainda não assinamos qualquer contrato”, comenta na expectativa de mais informação.

O ambulante Alessandro da Silva disse desconhecer que o novo carrinho era entregue por meio de comodato

Silva avalia como uma iniciativa boa a ação de padronizar os ambulantes da cidade. “Com isso ganhamos um equipamento novo. Alguns trabalham há muito tempo, mas não tem dinheiro para trocar um carrinho, fica muito tempo com um capenga”.

Maria Romano Batista, que trabalha há cerca de 6 anos na Praia da Cigarras, também acha bom a troca de carrinho, mas demonstrou não estar familiarizada  com as condições estabelecidas para essa padronização. “Só fiz o cadastro para receber, e só. Não houve explicação nenhuma”, admite.

Já Yolanda de Matos Ferreira revelou que apenas minutos antes da cerimônia de entrega dos novos carrinhos, os ambulantes foram informados que teriam que entregar o antigo. “Só hoje, que ouvimos que temos que entregar o velho. Mas não sabemos mais nada”.

Yolanda diz que soube minutos antes, que a entrega do carrinho antigo era a condição para receber o novo

Novos carrinhos – Os carrinhos, avaliados em aproximadamente R$ 10 mil, começaram a ser entregues em Janeiro, na Costa Sul da cidade. Felipe Augusto ressalta que os equipamentos respeitam as normas do modelo proposto pela fiscalização sanitária, de acordo com a nova lei municipal que regulamentou o serviço de ambulantes na cidade. “O que eu espero é que façam bom uso e com isso, melhore a qualidade no atendimento”.

O prefeito falou também sobre as parcerias com associações e com a iniciativa privada para buscar qualidade na prestação de serviços na cidade. Segundo ele, houve um chamamento público para a licitação de toda a exploração do mobiliário de orla do Município, ofertando para empresas em troca de patrocínio. Este chamamento deve render aos cofres públicos algo em torno de 3 milhões de reais em patrocínio de eventos ao longo dos próximos 12 meses.

“Com isso, a empresa Mercado Jovem, que cuida das marcas Amstel e Heineken, estão bancando o Carnaval, os fogos de artifício, e os novos carrinhos. A empresa tem o direito de explorar a imagem no mobiliário do carrinho”, reforçou.

Além dos 13 carrinhos entregues aos ambulantes da Praia da Cigarras, também foram entregues hoje, um na Praia do Arrastão, e outro na Praia Preta, ambas na região central.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.