Homenagem São Sebastião

Inaugurado Memorial aos estudantes mortos na rodovia Mogi-Bertioga

Famílias devem definir as indenizações em agosto

Por Maria Jaislane

O memorial intitulado “18 anjos da linha 12”, que preta homenagem da Prefeitura de São Sebastião, aos 18 universitários da costa sul mortos no acidente com ônibus em 2016, foi inaugurado na noite de ontem, sexta(8), no bairro Barra do Una.

O memorial “18 anjos da linha 12”, é representado por dezoito pilastras revestidas de mármore branco, cada um delas, com uma placa com os nomes dos estudantes que perderam a vida no acidente.

O monumento foi idealizado pelo pai de um aluno morto no acidente, Jario Viana de Oliveira, 45, pai de Guilherme Mendonça Oliveira,19, estudante de design gráfico.

O motivo, segundo ele, deixar um legado para todos os outros pais, que assim como ele, também sentem muito a falta dos filhos. Viana, também foi quem se responsabilizou pelo o paisagismo do local onde a prefeitura construiu o memorial.

Prefeito conversa com pais e familiares dos universitários

O acidente ocorreu na noite do dia 8 de junho de 2016, durante o retorno do ônibus que transportava os universitários. No trecho de serra da rodovia Mogi-Bertioga, na altura do Km 84, o veículo tombou na estrada.

No acidente, perderam a vida 18 estudantes e o motorista, outros 17 universitários ficaram feridos. Um laudo técnico apontou que o acidente teria ocorrido por falha mecânica.

As principais autoridades do município prestigiaram o lançamento do memorial, entre eles, o prefeito Felipe Augusto, Vice-Prefeito Amilton Pacheco e o vereador Pedro Renato. Familiares e amigos dos universitários homenageados participaram da solenidade.

“No momento em que a Prefeitura Municipal de São Sebastião, hoje sobre o nosso comando presta essa homenagem, eu digo aos senhores é o mínimo que o poder público municipal pode fazer, é o mínimo que a prefeitura tem que fazer”, enfatizou o prefeito.

“Agradeço muito ao Prefeito Felipe Augusto, pois não hesitou em atender o meu pedido, o Reinaldinho que também nos ajudou, o vereador Renato e a todos os pais que deram apoio. Nós sempre fizemos de tudo pelos nossos filhos enquanto eles estavam vivos, então também achamos justo fazer esse monumento agora, para homenageá-los”, afirmou Jairo Viana.

A solenidade contou ainda com um culto ecumênico de representantes das igrejas católica e evangélica e a exibição de um vídeo num telão, com imagens dos estudantes mortos.

Emoção

As jovens Gabriela Leite,21, e Estefani Santos, 22, que sobreviveram no acidente, gostaram da ideia do memorial no bairro em que moram.

“Ficou muito lindo e tornou-se um cantinho especial, uma data tão dolorosa como essa merece algo para tentar sanar essa dor”, disse Gabriela.

Sandra Rodrigues Teixeira, mãe da Natália Rodrigues, 26, que cursava seu último ano de Ciências Contábeis, morta no acidente, disse que, sentirá uma dor enorme todas as vezes que passar pelo local.

“Sei que foi feita com as melhores intenções, mas particularmente, sei que irei sofrer cada vez em que eu ler o nome da Natália”, diz Sandra, emocionada.

Dois anos após o acidente, Sandra Rodrigues declara ainda não ter recebido o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres – DPVAT, e nenhum outro tipo de indenização foi feita até o momento a família.

JUSTIÇA

Segundo o Dr. José Beraldo, advogado das famílias, uma audiência criminal contra a empresa está marcada para agosto.

Fora esse processo, doze famílias recorreram à justiça por indenizações contra a empresa por suas perdas.

De acordo com o advogado, duas famílias conseguiram decisões favoráveis da justiça e uma delas conseguiu um acordo com a empresa. Os valores não foram divulgados. Os demais casos ainda estão em tramitação.

EMPRESA

Por nota, a União do Litoral informou que vem investindo na segurança dos coletivos e nega as acusações de que a falta de manutenção teria ocasionado o acidente.

“A União do Litoral lamenta profundamente o trágico acidente ocorrido na estrada Mogi-Bertioga que completa dois anos e reafirma sua política de portas abertas e total transparência, mantendo-se à disposição. Mas, como vem sendo feito desde o acidente, continuará mantendo uma linha de discrição em respeito às famílias das vítimas”, completou.

 

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.