Política São Sebastião

Vereadores rejeitam extinção do Faps para criação de instituto previdenciário

Foto: CMSS

Horas antes, sindicato publicou Carta Aberta para os vereadores pedindo modificações ao projeto 

 

A Câmara Municipal de São Sebastião rejeitou o projeto de lei que cria um instituto previdenciário para o funcionalismo público. Essa autarquia, conforme a proposta do Poder Executivo, teria a finalidade de substituir o Faps – Fundo de Aposentadoria e Pensão dos Servidores municipais.

Antes da votação, o projeto foi modificado por 15 emendas do vereador Reinaldinho, aprovadas por unanimidade. Mas na votação do projeto, foram contrários os vereadores Daniel Simões, Ernaninho, Neto, Pixoxó e Professor Gleivison.

Com isso, os seis votos favoráveis não foram suficientes para aprovar o projeto. Isso porque eram necessários, no mínimo, sete votos para aprovação da criação do instituto previdenciário para os servidores.

Horas antes – Na tarde dessa terça-feira (9), horas antes do início da sessão na Câmara, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião (Sindserv) publicou Carta Aberta endereçada aos vereadores e servidores públicos para pedir modificações ao projeto de lei.

Segundo o sindicato, o esforço era para que todas as propostas de modificação ao projeto de lei aprovadas em assembléia pelos servidores fosse acatadas antes de qualquer aprovação por parte dos parlamentares.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.