Política Ubatuba

Câmara lança “Projeto Cidadania” explicando a utilidade dos três poderes

Fotos: Raell Nunes/TN

Ideia é reforçar o civismo e ensinar políticas públicas aos jovens

 

Por Raell Nunes

A Câmara Municipal de Ubatuba está lançando o “Projeto Cidadania”, que consiste em ensinar aos alunos das escolas públicas e privadas os trabalhos exercidos pelos três poderes constituídos: Executivo, Legislativo e Judiciário.

Para o presidente da Casa de Leis, Silvinho Brandão (PSDB), a ideia é reforçar o civismo e fazer com que os jovens conheçam os trabalhos de quem representa a cidade por meio da política. Em entrevista exclusiva, ele lembrou até da dos tempos de escola.

“Eu sentia uma lacuna, aquela questão que não tinha mais civismo, os símbolos oficiais da nossa pátria não eram mais divulgados. Comecei a me recordar: lembrei da época de educação moral e cívica, da minha professora de organização social política brasileira e comecei a ter essa ideia”, disse.

Cidadania – O material didático é simples e direto. Explica como funcionam os três poderes no município de Ubatuba, nos estados e no âmbito nacional. Atrás da cartilha existem três hinos: o de Ubatuba, o nacional, o da independência e da bandeira nacional.

São duas cartilhas, uma destinada ao ensino médio e outra ao fundamental. O interessante no material mirim é o formato em gibi (estilo Turma da Mônica), incluindo figuras como Tião, Mira, o vereador e o prefeito. A ferramenta de aprendizagem ainda é inclusiva, tem personagens negros, brancos e cadeirantes.

“Fizemos um trabalho diferenciado para realmente prender a atenção”, comenta Silvinho Brandão. O legislador também falou que o custo dos trabalhos foi por volta de R$ 5 mil, para 5 mil exemplares impressos. As visitações na Câmara devem começar nesta semana.

“Nós traremos os alunos. A gente vai fazer um cronograma de atividades e eles viram à Câmara para ter aula sobre os três poderes constituídos e conhecer o prédio. E propagar isso aos pais, dizendo que a política não é um bicho papão como pintam aí fora, existem pessoas do bem também”, afirmou.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.