Meio Ambiente Ubatuba

Jack Johnson prestigia exposição do Projeto Tamar

Divulgação

O musico e ativista Jack Johnson possui uma rede de ação social chamada All at Once (www.allatonce.org/), que procura promover práticas sustentáveis e envolver projetos ambientais durante as turnês do cantor. Através dessa rede o Projeto Tamar foi convidado para participar com exposição de seu trabalho no Village Green, um espaço no local do show do cantor realizado em São Paulo, dedicado a envolver os fãs em ações voltadas para a sustentabilidade e a projetos ambientais.

Segundo a equipe do músico  “A experiência da turnê é projetada para envolver a comunidade e promover a ação ambiental. Em cada concerto, os fãs irão encontrar organizações sem fins lucrativos locais e aprender sobre fazer mudanças dentro de suas 3 esferas de influência: suas ações, sua voz e suas escolhas”.

O evento aconteceu no Espaço das Américas em SP, com a presença de mais de 8 mil pessoas. Nas horas que antecederam o show, o Projeto Tamar esteve presente com uma exposição  mostrando seu trabalho realizado em Ubatuba e todo o país.

Antes da abertura das portas, o próprio Jack Johnson , acompanhado de sua esposa Kim Johnson, foi visitar e conhecer os projetos em exposição. Neste momento a equipe do Tamar de Ubatuba, além de explicar as ações do Projeto, fez uma entrega de material sobre o Tamar e sobre Ubatuba, e fez o convite para que o músico conheça a “Capital do Surf”  em sua viagem programada para surfar pelo Brasil.

O Projeto TAMAR começou em 1980 a proteger as tartarugas marinhas no Brasil. Com o patrocínio da Petrobras, por meio do programa Petrobras Socioambiental, hoje o projeto é a soma de esforços entre a Fundação Pró-TAMAR e o Centro Tamar/ICMBio. Trabalha na pesquisa, proteção e manejo das cinco espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no Brasil, todas ameaçadas de extinção: tartaruga-cabeçuda (Caretta caretta), tartaruga-de-pente (Eretmochelys imbricata), tartaruga-verde (Chelonia mydas), tartaruga-oliva (Lepidochelys olivacea) e tartaruga-de-couro (Dermochelys coriacea).

Além de proteger cerca de 1.100 quilômetros de praias e está presente em 25 localidades, em áreas de alimentação, desova, crescimento e descanso das tartarugas marinhas, no litoral e ilhas oceânicas dos estados da Bahia, Sergipe, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina. Em Ubatuba, recebe o apoio da Prefeitura Municipal.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.