Meio Ambiente Ubatuba

Obra na Praia Vermelha do Centro deixa população indignada

Fotos: Raell Nunes/TN

Reportagem visitou o local e constatou que há ferragem entre os escombros, madeira, barro e muitas pedras a cerca de dez metros do mar

Por Raell Nunes

A população de Ubatuba ficou indignada com uma obra na Praia Vermelha do Centro. Os populares consideram a ação “um crime ambiental”, “uma degradação à natureza” ou até mesmo um “atentado ao mar”. Segundo a Associação dos Proprietários e Amigos da Praia Vermelha do Centro (AVDC), trata-se de um muro de uma residência que caiu devido à ressaca e condições climáticas do mês passado.

A associação ainda afirmou que os proprietários da casa não retiraram o entulho proveniente da ressaca e, adiante, colocaram terra em cima dos escombros. Conforme esclareceu, ferros enferrujados estavam indo à praia.

Em resposta os questionamentos da população, a Administração Municipal informou que a obra na Vermelha do Centro foi embargada às 14h06 do dia 27 de outubro.

A nota cedida pelo órgão público explica que a produção era um reparo em muro de arrimo e estava sendo executada sem qualquer autorização expedida pela prefeitura de Ubatuba ou órgãos ambientais.

A reportagem visitou o local e constatou que há ferragem entre os escombros, madeira, barro e muitas pedras a cerca de dez metros do mar. Não há nenhuma sinalização do órgão público avisando os sinais de perigo – apenas um alerta amador feito com tinta numa pedra dizendo: “cuidado, perigo; não entre”.

Outro fato curioso no local é uma espécie de “fortaleza de sacos de areia” criada para conter o mar e não deixar a força da natureza levar o que sobrou do muro e algumas árvores nas imediações.


Indignação – A repulsa pelo acontecido tomou conta das pessoas. A moradora Amanda Evangelista, 28, disse que nunca viu algo parecido. Ela ainda acrescentou que o fato deveria ser denunciado como crime contra a cidade e país.

“É injusto com os banhistas, surfistas e mais ainda com a natureza, que é de todos nós. Acho que as autoridades deveriam tomar uma posição mais firme com essas coisas. Prejudica os animais da água do mar também, influencia em tudo”, falou.

Nas redes sociais, diversas pessoas se manifestaram. O que chamou a atenção foi o depoimento de um turista da Nova Zelândia. Greg Dean Wass comentou que estava abalado com a ocorrência.

“Oh, meu Deus, estou chocado, minha praia favorita no Brasil, eu me sento nesta praia muito, vai mudar o sentimento, isso deve parar”, declarou o estrangeiro.

A Praia Vermelha do Centro tem 700 metros de extensão e muitas árvores que proporcionam sobra agradável. É recomendável para surfistas, pois tem ondas grandes e fortes. Também é um local para luaus. Acesso pelo Trevo da Praia Grande, no km 54 da BR 101.

A reportagem tentou contato com os proprietários da casa, mas não houve retorno.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.