Cidades Ubatuba

População quer castrar animas, mas Ubatuba não faz serviço há um mês

Fotos: Raell Nunes/ TN

Trabalhos não estão sendo realizados devido à falta de um profissional qualificado

Por Raell Nunes

A população de Ubatuba está reclamando da falta de oportunidade para castrar animais no âmbito público. Segundo munícipes, o sistema de castração não opera há cerca de um mês na cidade.

Assim, diversas reivindicações de populares estão sendo feitas. A circunstância desfavorável explica-se pela falta de um profissional qualificado para fazer o serviço.

A protetora independente dos animais de Ubatuba, Silviane Neumann, diz que tem uma lei sancionada pelo presidente da república que obriga todos os municípios a ter um programa de castração. Para ela, as operações devem continuar e não ser suspensas.

Lei – A lei n° 13.426, de 20 de março de 2017, diz que o controle de natalidade de cães e gatos em todo o território nacional será regido de acordo com o estabelecido, mediante esterilização permanente por cirurgia, ou por outro procedimento que garanta eficiência, segurança e bem-estar ao animal.

O artigo 3° da regra expressa que o programa desencadeará campanhas educativas pelos meios de comunicação adequados, que propiciem a assimilação pelo público de noções de ética sobre a posse responsável de animais domésticos.

“Pelo que estamos sabendo, estamos sem veterinário apto a castrar na cidade de Ubatuba. Isso é muito grave. Os bairros de periferia, cheios de doença, sarna. Em uma praia legal, o turista não pode pegar bicho-geográfico, mas a criança da favela pode pegar. É um descaso muito grande”, desabafa Silviane.

Férias – Nas palavras do militante da causa animal em Ubatuba, Carlos Rocha, a cirurgia de castração está suspensa, pois a veterinária responsável está de férias. “A castração, que o prefeito fala que está tendo, não está tendo. Isso já faz mais de um mês”, explica.

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde informou que a veterinária responsável pelas castrações está realmente em período de descanso. No entanto, após o retorno da veterinária, haverá o desligamento dela do setor por motivos pessoais.

A Secretaria de Saúde ainda diz que já está em processo de contratação de um novo profissional e nos próximos dias as castrações serão retomadas.

Segundo Prefeitura, profissional responsável pelo serviço está de férias

Castramóvel – Neste ano, o deputado federal Ricardo Izar Júnior (PP) liberou uma verba de R$ 125 mil direcionada à aquisição de um veículo equipado para a realização de cirurgias de castração em animais, o “castramóvel”. O pedido foi feito pelo vereador Rochinha do Basquete (PTB).

Os recursos da emenda serão repassados ao Fundo Municipal de Saúde por meio do Fundo Nacional de Saúde. O setor de Convênios da Secretaria de Fazenda de Ubatuba prepara a documentação para a liberação dos recursos.

A situação envolve, entre outros pontos, a elaboração de um plano de trabalho detalhado e, posteriormente, a preparação de um processo de compra e de licitação do castramóvel.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.