Litoral Norte Saúde

Estado confirma quatro mortes por febre amarela na região

Foto: Raell Nunes/ TN

 

Ubatuba registrou onze casos, com quatro mortes

Por Salim Burihan

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo segue atuando, em conjunto com os municípios do Litoral Norte, para imunizar pessoas não vacinadas contra febre amarela.

A Secretaria informou que em 2018, até o momento, mais de 7,5 milhões de pessoas em todo o Estado foram vacinadas contra a febre amarela. O número ultrapassa a marca da vacinação no decorrer de 2017, quando 7,4 milhões de doses foram aplicadas, e é também superior à vacinação na década anterior – 7 milhões de pessoas foram imunizadas entre 2006 e 2016.

O órgão destacou que desde o início de 2016, a Secretaria intensificou as ações de enfrentamento da febre amarela no Estado, por meio de monitoramento dos corredores ecológicos, vigilância epidemiológica e vacinação.

Com relação aos casos relacionados à doença, desde 2017, 31,7% das infecções por febre amarela foram contraídas em Mairiporã e 10,2% em Atibaia. Essas duas cidades respondem por 42% dos casos de febre amarela silvestre no Estado, e já têm ações de vacinação em curso desde o ano passado.

De 2017 até o momento houve 557 casos autóctones de febre amarela silvestre confirmados no Estado e 213 deles evoluíram para óbitos.

Litoral Norte

Segundo a secretaria, oficialmente, 14 casos de febre amarela foram registrados na região, que resultaram em quatro mortes.

De acordo com o Estado, entre janeiro e maio, não teria havido registro de febre amarela em Caraguá e Ilhabela.

Em Ubatuba, foram onze casos e três mortes. Em são Sebastião, três casos e uma morte.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.