Caraguatatuba Verão

Cerca de 10 mil pessoas participam da Campanha de educação ambiental Verão no Clima

Foto: Luis Gava/PMC

As atividades de conscientização e educação ambiental nas praias, realizadas pela Campanha Verão no Clima, foram encerradas no último dia 14.  Ao todo, cerca de 10 mil pessoas, entre turistas e moradores, foram orientadas durante todo o período do projeto, que teve início no dia 4 de janeiro.

Os grupos de monitores realizaram abordagens entre as praias Martim de Sá, Centro, Indaiá e Porto Novo. O grande objetivo foi promover o diálogo sobre redução da produção de lixo, uso consciente da água, cuidado com trilhas e reciclagem, além de tratar diretamente da questão do lixo deixado nas praias.

Com uma proposta de mudança de hábito, este ano, a Campanha foi realizada exclusivamente com intuito de educar. Não foram produzidos materiais impressos e sacolas plásticas. “A ideia foi justamente criar a consciência ambiental para o cotidiano. As pessoas podem trazer as sacolinhas de casa ou aproveitar as embalagens de salgadinhos, gelo, entre outros e se possível levar o resíduo produzido de volta, deixando nos locais de coleta convencional. Se cada um fizer um pouco, é possível obter grandes resultados”, explicou Tatiana Soares, diretora de Saneamento e Educação Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca.

Além das ações nas praias, fizeram parte da Campanha Verão No Clima, uma caminhada, que aconteceu no centro de Caraguatatuba, dia 07 de janeiro e um mutirão de limpeza, realizado na praia da Mococa, dia 29/01, onde foram recolhidos 100 quilos de micro lixo.

Educação Ambiental – De acordo com Tatiana Soares, as atividades voltadas para a educação ambiental são constantes e acontecem durante todo o ano por meio de projetos organizados por instituições de ensino e pelas secretarias municipais, com destaque para a Educação e Meio Ambiente, que contam com departamentos específicos para esse segmento. Essas ações também são apoiadas e monitoradas por um grupo de trabalho responsável por revisar o PMEA – Plano Municipal de Educação Ambiental.

“O grupo é formado por pessoas da sociedade civil, instituições de ensino e poder público. Nos reunimos todo o mês visando para gerar um cronograma eficiente de ações, de modo que possamos agregar e expandir as propostas uns dos outros, ampliando o trabalho de educação ambiental no município”, destacou.

Foto: Cláudio Gomes/PMC

Para mais informações sobre projetos de educação ambiental, entre em contato com a Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca pelo telefone (12) 3897-2530.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.