Turismo Ubatuba

Castelo dos Arautos: uma construção estilo medieval no meio da Mata Atlântica

Foto: Luciano Algueros/ Divulgação

Por Raell Nunes

 

“Que lugar magnífico. Parece os castelos da Espanha, França, Alemanha”, diz empolgada a turista Giovana Lourenço, 33. Feito no estilo medieval, em 2004, o Castelo dos Arautos parece mesmo uma construção européia e enche os olhos de muitos visitantes.

“É lindo, impecável, uma das mais belas capelas que já visitei no mundo. A vista é maravilhosa. Tem que ser visitada por todos”, acrescenta Giovana. A visitante também ficou impressionada com os vitrais da construção, bem como as 13 réplicas dos profetas (obra de Aleijadinho) no meio do jardim.

A área da construção tem 9 mil m² e fica ao lado da paradisíaca Praia do Pulso – tudo cercado por Mata Atlântica. O acesso é feito por uma estrada de terra a partir do km 77 da BR 101, que também é entrada para a Praia da Caçandoca. Após percorrer cerca de 2 km, encontra-se o local, que é nas imediações de um condomínio fechado e de alto padrão do município.

A Praia do Pulso tem 300m de extensão, areia branca, mar calmo e limpo. A Praia da Caçandoca tem areia fina, 800m de uma ponta a outra e um riacho cristalino – o local está dentro do primeiro quilombo reconhecido na costa brasileira.

O castelo, que atende como uma igreja católica, realiza missa aberta ao público. Aos domingos, às 8h, 10h30 e 16h30, é possível ver celebrações em latim e cantos gregorianos. “A missa é uma grande atração. O canto do coro é simplesmente lindo. A igreja é de uma arquitetura fantástica, seu interior tem ornamentação parecida com a Sainte-Chapelle, de Paris”, afirma Jaylson Aguilar, de Ribeirão Preto (SP).

No entanto, para a edificação ser erguida, o grupo católico Arautos do Evangelho não emitiu nenhuma licença ambiental. A mansão foi categorizada como igreja. A ação fez com que não fosse preciso autorização da Companhia Ambiental do Estado (Cetesb).

Os Arautos do Evangelho só tiveram de pedir uma aprovação para construção de um templo ao Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico (Condephaat). O grupo assinou um termo de responsabilidade com o órgão, assumindo o compromisso de manter preservada a área verde nativa.

Com portões de 8m e cerca de 100 cômodos, o local ficou fechado por anos devido a uma “guerra” entre grupos de ambientalistas e os responsáveis pelo espaço. Adiante, os padres venderam o empreendimento para uma empresa americana, em 2010. Desde então, o Castelo dos Arautos é uma das maiores atrações turísticas de Ubatuba.

3 Comentários

  • Que eu saiba continua sendo dos arautos e empresa americana (rede de hoteis) houve cancelamento de contrato por causa das outras taxas não pagar uma vez que igreja tem isenções de muitas taxas. É o que eu soube. A nossa é maravilhosa assim como toda a estrutura da arquitetura. Paisagens de tirar o fôlego. Vale mesmo a pena conhecer.

  • Muita ignorante quem escreveu esse artigo!!! Não sabe da história dessa edificação e fica inventando coisa só para tentar denegrir a imagem dos Arautos do Evangelho. 100 cômodos??????? Nem a casa da Ana Hickmann…

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.