Litoral Norte Turismo

Cerca de 3700 cruzeiristas desembarcam em Ubatuba na temporada 2017/2018

Foto: PMU/Divulgação

Sucesso é resultado de um ano de tratativas com operadoras dos navios

 


O Píer Comodoro Magalhães, no Itaguá, recebeu a última parada de navios previstos na temporada 2017/2018, nessa terça-feira (6). Transportando 3860 passageiros vindos da Argentina, estima-se que 1700 entre italianos, franceses, ingleses, argentinos, alemães e brasileiros tenham desembarcado para conhecer um pouco mais das belezas do litoral ubatubense. Essa foi a primeira parada da Costa Cruzeiros, com o Costa Fascinosa, considerado pela própria companhia o mais glamoroso da frota, e que já tem parada confirmada para 5 de março de 2019.

As quatro paradas em Ubatuba entre os meses de dezembro e março – três delas com desembarque, totalizaram cerca de 3700 passageiros em terra, navegando pelo MSC Música e pelo Costa Fascinosa.

“Três mil pessoas conheceram Ubatuba e a economia gira, já que nesta época temos pouco turista na cidade. Estamos levando Ubatuba para o mundo numa feira como esta para atrair investidores e turistas, além de aumentarmos o número de paradas e atrair mais operadoras”, acrescentou o prefeito Délcio Sato (PSD).

Feira – Para a Administração Municipal, o resultado nesta temporada vem após participação na edição da Seatrade Cruise Shipping Convention, em março de 2017 – evento em que os representantes do poder público municipal participam novamente este ano.

A participação no ano anterior facilitou a retomada de laços do secretário de Turismo, Luiz Bischof com os responsáveis pela MSC Cruzeiros – o que resultou em três paradas garantidas na temporada 2017/2018 – conquistadas, segundo ele, por meio do comprometimento e da credibilidade do Governo Municipal.

Todas as exigências da companhia foram atendidas para que isso se tornasse realidade. Além disso, durante a participação do secretário no Seminário “Cruzeiros Marítimos: O momento é esse”, realizado pela Cruise Line International Association Brasil (Clia Brasil) e patrocinado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), foi a vez de estreitar a relação com a Costa Cruzeiros, por meio de um encontro com seu diretor presidente, Rene Herman, que fez com que duas paradas – uma experimental e uma para 2019, também fossem confirmadas

“A questão dos Cruzeiros Marítimos pode parecer simples, mas só nós que estamos nos bastidores sabemos o desafio que foi trazê-los novamente à cidade. Às vezes, é mais fácil conquistar do que trazer de volta. Mas nós conseguimos. Estivemos na feira em Miami, no começo do ano passado, e nos comprometemos a estabelecer todos os requisitos exigidos pelas Companhias, fazendo valer nossa palavra. Foram muitas reuniões e conversas, cujo reflexo pode ser observado com os sucessos das paradas na temporada 2017/2018. Estamos muito satisfeitos e vamos trabalhar para ter ainda mais oportunidades”, garantiu Sato.

Tratativas na Seatrade 2018

Números nacionais – A previsão do Ministerio do Turismo é que, até o término da alta estação – após o Carnaval de 2018 –  cerca de 439,7 mil cruzeiristas tenham optado por uma das rotas oferecidas no Brasil. A estimativa é que o setor cresça cerca de 15% ao ano.

Estima-se que sejam criados 24 mil empregos diretos durante a temporada em todo o território nacional, pois a cada 12 cruzeiristas um novo posto de trabalho é gerado no país. O reflexo é medido pelo impacto econômico, que foi de R$ 1,6 bilhão na última temporada.

“O setor de cruzeiros no Brasil contribui diretamente para a geração de emprego e renda. Atento a isso, o Ministério do Turismo tem trabalhado junto ao segmento para fortalecer a atividade no país e, consequentemente, estimular a vinda de novos cruzeiros para a próxima temporada”, afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão em matéria publicada no site oficial do órgão.

A Associação Comercial de Ubatuba (ACIU) confirma o impacto positivo da chegada de Cruzeiros a Ubatuba, destacando um bom retorno para a economia, principalmente, com a parada do Costa Fascinosa.

Estrutura – Além da reforma do píer, toda uma estrutura foi adequada para proporcionar aos turistas uma melhor experiência. No total do receptivo, 18 vans, oito agências de turismo, nove embarcações, e 15 táxis.

A secretaria de Turismo de Ubatuba (Setur) reforça que todas as agências do receptivo estão regularizadas, com inscrição no Cadastur. Além delas, o receptivo também conta com representantes das comunidades tradicionais, como índigenas e quilombolas, e representantes da casa do artesão.

A obra de revitalização e ampliação do Píer Comodoro Magalhães foi executada em 2017 pela secretaria de Infraestrutura de Serviços Públicos da Prefeitura de Ubatuba, com o apoio da Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano (EMDURB) e, custeada pela Comtur.

Foi feita a troca de todo o madeiramento, pois o anterior estava todo comprometido. O flutuante está preparado para o desembarque dos usuários de dois tênderes simultaneamente, totalizando 240 pessoas por viagem.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.