Cultura Ilhabela

21º Edição do Dança e Movimento começa na sexta(14)

O Espaço Cultural Pés no Chão, em parceria com a Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Cultura, e com a Fundação Arte e Cultura de Ilhabela (Fundaci), traz para o arquipélago, na próxima semana, mais de dez dias de muita arte e cultura.

A 21ª edição do Dança e Movimento, de 14 a 30 de setembro, é uma das maiores mostras de dança do Estado, segundo a organização. Serão apresentados 11 espetáculos, no Espaço Pés no Chão, na Barra Velha, além de duas noites destinadas aos alunos de dança de instituições educacionais e culturais de Ilhabela e região, sempre com entrada franca.

A abertura acontecerá no dia 14 (sexta-feira), com “Mandala Playground ou Flores na Areia”, um convite à experimentação feito por Ricardo Iazetta e seu filho Téo às crianças entre 8 e 11 anos. O público participa da criação, agregando areia colorida e flores de papel crepom. Ao final, se desvenda um belo jardim construído coletivamente.

No dia 15 (sábado), Keyzetta e CIA apresentam “Para Todos os Seguintes”, uma peça para crianças que encanta todas as idades. Sobre a obra, Helena Katz diz: “quatro intérpretes que enfeitiçam com seus movimentos de pura poesia e desafiam a percepção. É absolutamente mágico”.

No domingo (16), a Companhia de Danças de Diadema apresenta “EU por detrás de MIM”, de Ana Bottosso. O espetáculo investiga os espelhos e seus reflexos, concluindo que “mergulhar em um mundo de reflexos pode ser uma viagem sem volta”, e é indicado para maiores de 14 anos.

No dia 21 (sexta-feira), a Gemini Cia de Artífices e a Companhia Soniquete Arte Flamenca apresentam “Nosso Flamenco”. O espetáculo propõe um diálogo entre o flamenco, a dança contemporânea e a dança brasileira.

Já no sábado (22), Luiz Arrieta e Luis Ferron apresentam “Os Corvos”. O espetáculo coloca em cena uma questão latente, a morte, refletindo sobre o presente sem passado ou futuro – o presente como sentido vital e a morte como certeza final.

O Ballet Sopro, dirigido por Roberto Amorim e Tatiana Portela, apresenta no dia 23 (domingo), dois espetáculos: “Esgares” e “O Grito”. A partir de músicas de Edith Piaf, “Esgares” mescla dança, teatro e poesia num híbrido na arte.  “O Grito” exprime técnica e beleza num desabafo que rompe o silêncio.

Na segunda-feira (24), a Cia Paraladosanjos traz “As Gêmeas”. Além de danças excêntricas e de vaudeville, o espetáculo traz ao palco técnicas de quick – change e acrobacias aéreas.

“A Cabra” – com Marina Abib e direção de André Casaca –, será apresentada na sexta-feira (28). É um trabalho sobre o risco, sobre um animal que se aventura simplesmente porque é assim que respira, assim que a vida pulsa.

No dia 29 (sábado), a Uai Q Dança Cia, de Uberlândia, apresenta “Os eventos são quase sempre os mesmos”.  O espetáculo é inspirado no “Livro-Objeto” de Lourdinha Barbosa, poetisa, natural de Formiga, residente em Uberlândia há 38 anos. Em seguida, Panmela Tadeu apresentará “Um tanto de um pouco de som”. A abertura dessa noite será feita pelo grupo de Dança do Pés no Chão, que apresentará a coreografia “Nós Neurônios”, de Juliana Andrade.

Encerrando o 21º Dança e Movimento, Jorge Garcia Companhia de Dança apresenta, no dia 30 (domingo), “Cantinho de Nóis”. Inspirado em cantos e contos populares brasileiros, o espetáculo revela a transformação de um ambiente nostálgico e religioso dos cortadores de cana de açúcar da zona da mata de Pernambuco, em um ambiente rítmico, dançante e surreal do Carnaval de Olinda (PE).

 

Confira a programação:

Dia 14 | Sexta-feira | 18h

Mandala Playground ou Flores na Areia

Ricardo e Theo Iazzetta

 

Dia 15 | Sábado | 20h

Para Todos os Seguintes

Keyzetta e Cia

Direção: Key Sawao e Ricardo Iazzetta

 

Dia 16 | Domingo | 20h

EU por detrás de MIM

Companhia de Danças de Diadema

Direção: Ana Bottosso

Indicado para maiores de 14 anos

 

Dia 19 | Quarta-feira | 18h

Escolas e Instituições

 

Dia 21 | Sexta-feira | 20h

Nosso Flamenco

Gemini Cia de Artífices e Cia Soniquete Arte Flamenca

Direção: Guga Costa, Hellen Audrey e Mariana Abreu

 

Dia 22 | Sábado | 20h

Os Corvos

Luiz Arrieta e Luis Ferron

Direção: Luiz Arrieta e Luis Ferron

Dia 23 |Domingo | 20h

O Grito

Sopro Cia de Dança

Direção: Roberto Amorim

Esgares

Direção: Roberto Amorim e Tatiana Portella

 

Dia 24 | Segunda-feira | 18h

As Gêmeas

Cia Paraladosanjos

Direção: Dorothy Max Prior

 

Dia 26 | Quarta-feira | 18h

Escolas e Instituições

 

Dia 28 | Sexta-feira | 20h

A Cabra

Marina Abib

Direção: André Casaca

 

Dia 29 | Sábado | 20h

Nós neurônios

Grupo de Dança do Pés no Chão (abertura)

Coreografia: Juliana Andrade

Os eventos são quase sempre os mesmos

UAI Q Dança Cia

Direção: Luciane Segatto e Patrícia Borges

Um tanto de um pouco de som

Coreografia e interpretação: Panmela Tadeu

 

Dia 30 | Domingo | 20h

Cantinho de nóis

Jorge Garcia Companhia de Dança

Direção: Jorge Garcia

Serviço: Todas as apresentações serão realizadas no Espaço Pés no Chão, situado na rua Macapá, 72, na Barra Velha, região central da cidade.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.