Arquitetura Ilhabela

Ilhabela: Comitiva chinesa prestigia Festival Internacional do Bambu

A Exposição Internacional do Bambu prossegue este fim de semana em Ilhabela. A exposição tem atraído interesse de brasileiros e estrangeiros. O evento será encerrado no domingo(2).

Na quinta(29), representantes do governo chinês estiveram em Ilhabela para conhecer o evento. A exposição foi montada nos jardins da Fazenda Engenho D’Água. Foram trazidas da Ilha da Vitória, 1000 peças de bambu que deram vida às 64 barracas expositoras, no portal de entrada e toda fachada da Fazenda.

Realizada pela Prefeitura, por meio da Secretaria do Desenvolvimento e Inclusão Social, e promovido pela Nunes Bambu, o evento – que tem como principal objetivo divulgar o arquipélago de um jeito simples e natural –, conta com a participação de alguns dos maiores bambuzeiros da atualidade, do Brasil e do mundo, com representantes da Colômbia, Argentina, Equador e Guatemala.

Comitiva chinesa prestigiou o evento

Uma comitiva chinesa encabeçada pelo o vice-cônsul adjunto do Consulado da China no Brasil, Shi Leike, foi recepcionada pelo prefeito Márcio Tenório; a vice-prefeita, Maria das Graças, a Gracinha; o vice-cônsul adjunto do Consulado da China no Brasil, Shi Leike, a vereadora presidente da Câmara, Nanci Peres de Araújo Zanato; as secretárias Nilce Signorini (Desenvolvimento e Inclusão Social), Juliana Louro (Planejamento e Gestão Estratégica), o empresário do ramo do bambu, professor João Aparecido Nunes e a coordenadora executiva da Unesp (Universidade Estadual Paulista) – Campus de Itapeva, professora doutora Juliana Cortêz Barbosa.

A comitiva chinesa, composta pelos vice-cônsules, Shi Leike; Li Chang; Wang Tianjiao e a vice representante geral da Associação de Promoção Comercial da China, veio para ilha participar da abertura da exposição, em resposta ao convite feito pela vice-prefeita, Gracinha, e pela secretária Nilce, após visita ao consulado chinês, na capital paulista. Na ocasião, foi entregue aos cônsules, Termo de Intenção de Acordo de Cooperação Brasil/China, relacionados aos temas, água, pesca, saneamento, energia solar e eólica. “A presença dos representantes do consulado, na cidade é positiva, e visa um estreitamento nas relações, para uma futura parceria, através de intercâmbio. Tudo indica que em breve a cônsul geral, Chen Peijie, venha para Ilhabela para visita ao prefeito Márcio Tenório”, disse Nilce.

O vice-cônsul agradeceu o convite e confessou sua surpresa ao chegar à cidade e ver que além de uma ilha com belíssimas paisagens, há muitas obras em andamento. “Isso significa que o governo está aperfeiçoando a infraestrutura”, observou. “Acompanhbei seminário do Fundo Soberano dos Royalties, um ato pioneiro, que demonstra visão estratégica, pois sabemos ser o petróleo uma riqueza,  porém, finita. Tenho que reconhecer ser isso, boa governança”, concluiu.  Shi Leike ficou encantado com a farinha do bambu e mencionou que a China realiza, agora em 2018, a primeira feira de importação e considerou a possibilidade de um dia importar a farinha do bambu de Ilhabela. Por fim, mencionou que trará seus colegas do consulado e sua chefe, para conhecer o produto e estudar uma parceria.

Márcio Tenório parabenizou a secretária Nilce pela coragem, pois o projeto gerou muitas dúvidas: “Apostei, acreditei e estou muito feliz. Hoje, através da cultura do artesanato do bambu, o projeto de inclusão produtiva vem, com certeza, incentivar a nossa população, gerando emprego e renda, como uma alternativa de subsistência para essas comunidades”. Para o prefeito, é uma grande honra participar do evento que traz arte para a cidade e tem por objetivo apresentar o bambu como uma das alternativas para as questões ambientais, sociais e econômicas. “Cumprimos aqui, mais um programa do nosso governo, que é a sustentabilidade econômica. E tenho certeza que o objetivo será atingido com muito êxito”, finalizou. 

 

Frutos

João Nunes, agradeceu a oportunidade de apresentar a simplicidade do bambu. “Nosso trabalho pode trazer muitos frutos às comunidades; a base da nossa intenção é atender e aproveitar ao máximo esse material que tem em abundância aqui na ilha, e que pode ser transformado em recursos para a comunidade”, observou o empresário.

Já Nilce, contou que sua história com o bambu começou na Ilha da Vitória, quando via o mesmo brotando nas casas das pessoas, e dizia que um dia iria usá-lo e transformá-lo em recursos. “Passei a pesquisar sobre o assunto e conheci o doutor Antônio Ludovico Beraldo, que me indicou o João Nunes. Foi quando iniciamos nossa caminhada; logo depois encontramos a professora Juliana, que veio para cá com outro mundo, para pesquisar e desenvolver o broto do bambu”, comentou, acrescentando ser grata ao prefeito por ter acreditado no projeto tornando-o uma realidade.

 

 

Bambu

O bambu é a madeira do futuro, uma resposta inovadora à construção civil, arquitetura, design e importante sequestrador de carbono. A maior plantação no arquipélago encontra-se na Ilha da Vitória desde a década de 1930, comunidade tradicional situada ao norte do arquipélago. A planta alastrou-se e hoje conta com 40 mil metros quadrados da espécie “Phyllostachys aurea. 

 De 2014 para cá, através da Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social, a comunidade vitoriana tem recebido orientações do professor João Nunes sobre o correto manejo e transformação do bambu em uma das alternativas de subsistência, nos períodos de defeso. A iniciativa já surtiu resultados com as comunidades, a exemplo da geração de emprego e renda. Na colheita deste ano, que acontece entre os meses de setembro e novembro, a comunidade da Ilha da Vitória realizou testes com o broto do bambu como forma de alimentação, para que futuramente venha a ser comercializado também.

 Programação

Principais atrações

Dia 01 (Sábado) | Das 10h às 22h

10h | Abertura das exposições, feiras e oficinas

16h | Painel 1: Florestas

17h | Painel 2: Construções

18h | Painel 3: Água

21h | Shows de música e arte

 

Dia 02 (Domingo) | Das 10h às 14h

10h | Abertura das exposições, feiras e oficinas

14h | Apresentação de trabalhos, premiações, sorteios e encerramento

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.