Arquitetura

Sobradão do Porto começa a ser restaurado em Ubatuba

Divulgação
Divulgação

As obras já foram iniciadas e contemplam melhorias da estrutura do casarão, que é um marco histórico em Ubatuba

Primeira fase da obra vai recuperar estrutura, telhado, cobertura e alvenaria da principal referência histórica da cidade

Depois de um longo e trabalhoso processo, a Fundação de Arte e Cultura da Prefeitura de Ubatuba e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) anunciaram o início da primeira fase das obras de restauração do Sobradão do Porto, localizado na região central da cidade.

A iniciativa, subsidiada pelo convênio entre a FundArt e o Iphan, com contrapartida da prefeitura, tem como objetivo a preservação do patrimônio cultural do município, de modo que se perpetue a memória histórica do povo ubatubense. 

O aporte do Ministério da Cultura para executar o projeto foi de aproximadamente R$  1,5 milhões. Já a contrapartida da atual gestão foi de R$ 132 mil. A primeira liberação de verba aconteceu no último dia 26 de outubro e é de cerca de R$ 700 mil. As obras começaram na semana passada. 

Nesta fase inicial, serão contemplados a reparação da estrutura (parte civil), telhado, cobertura e alvenaria. Responsável pelo projeto, a arquiteta Isabela Galvez faz questão de destacar o fato do Sobradão ser uma das mais importantes obras do estado de São Paulo e exalta suas particularidades estruturaia. 

“Estruturalmente, ele tem três técnicas construtivas: pedra argamassada, tijolo de barro maciço e a parede de taipa de mão, nosso pau-a-pique. São esses detalhes que fazem do Sobradão uma casa especial”, diz Galvez. 

Ex-presidente da FundArt, atual secretária municipal de Fazenda e principal responsável pelo sucesso do projeto de restauração, Isabela Viana Vassão comemora o início das obras. “O Sobradão é um dos poucos prédios históricos que restam em Ubatuba. Mais que isso, ele é uma referência cultural para nosso povo, uma fonte de inspiração para nossos artistas e recebe inúmeras exposições e oficinais. Enfim, é o maior patrimônio histórico da cidade”, afirma Isabela.

Já o prefeito Mauricio informa que a reforma do Sobradão marca o início de uma força tarefa que pretende restaurar todos os prédios históricos de Ubatuba. “Estou muito satisfeito em ver o início das obras e já pensamos no passo seguinte: a restauração do entorno do edifício e de outros prédios, que com toda certeza fortalecerão o turismo histórico na cidade. Espero que todos os ubatubenses tenham a dimensão do quanto isso significa para a gente”, disse o prefeito.

Convênio

As informações relacionadas ao convênio podem ser consultadas no Portal dos Convênios, chamado de Siconv – plataforma que mantém registro de todos os convênios firmados pelo poder executivo da Administração Pública Federal. 

Ao clicar no link, o usuário deve ir até a opção “Consultar Convênios/ Pré-Convênios” e fazer a busca pelo município de Ubatuba. Feito isso, é possível acompanhar os recursos que estão sendo utilizados para esse projeto.

A população que tiver interesse tanto nesse processo quanto nas demais ações da Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba também está convidada a participar das reuniões dos grupos setoriais da FundArt, do Conselho Deliberativo e do Conselho Municipal de Políticas Culturais. 

Todas essas agendas são divulgadas semanalmente no site, ou na sede administrativa da fundação.

Estúdio Sarasá

A licitação das empresas interessadas na execução do Restauro do Sobradão do Porto aconteceu no último dia 30 de junho de 2015, na modalidade pregão presencial. A empresa vencedora foi o Estúdio Sarasá Conservação e Restauro.

Fundado em 1956, o Estúdio Sarasá foi a primeira empresa de artes e restaurações da família Sarasá no Brasil. Hoje é uma empresa amplamente reconhecida por suas atuações em projetos de conservação e restauração do patrimônio histórico.  Para saber mais sobre a empresa, acesse – http://estudiosarasa.com.br/

Confira o vídeo sobre a reforma no link – https://www.youtube.com/watch?v=vrd15-x3PsQ

Fonte: Assessoria de Comunicação PMU

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: