Bronca de Moradores Caraguatatuba

Fiação solta em ruas e calçadas preocupa moradores em Caraguá

A enorme quantidade de fios caídos em calçadas e ruas de Caraguá tem preocupado os moradores da cidade. Todos temem que alguém possa se ferir ao tocar as fiações de energia, de telefonia e de fibra ótica. A prefeitura informou que cobrou providências das empresas. A EDP adiantou que criou um grupo de trabalho para identificar e regularizar as suas fiações. Os moradores cobram providências

Por Salim Burihan

Por onde se anda em Caraguá, nos bairros ou no centro, pode se ver fiações caídas ou soltas. São cabos de eletricidade, de telefone e de fibra ótica(internet ou Tv).

No bairro do Tinga, segundo a moradora Vânia Maria, liderança comunitária no bairro, existem fiações soltas em ponto de ônibus, na porta de escola e em frente aos comércios.

“Tem fiação caída há mais de um ano e meio e ninguém toma as devidas providências. Um idoso, um adulto e até crianças podem morrer eletrocutadas se esbarrar nessas fiações. Alguém tem que tomar alguma providência”, cobrou Vânia.

Como são tantos fios caídos pela cidade, alguns moradores ou comerciantes, fazem “gambiarras” para manter a fiação numa altura que não coloque em risco as pessoas.

Foi o que fizeram, por exemplo, na avenida engenheiro João Fonseca, onde colocaram uma barra de cano na calçada para manter o fio elevado. Depois de três meses, a fiação foi regularizada.

Segundo o aposentado Eugênio Lopes, que mora no Indaiá, tem muita fiação caída por toda a cidade.

Cabo, possivelmente, de telefone, solto e amarrado em poste na praça Cândido Mota

 

“Um dia desses tinha um fio de fibra ótica atravessando a rua Altino Arantes, de ponta a ponta, colocando em risco pedestres e ciclistas. Acho que a prefeitura deveria verificar isso e cobrar das empresas a manutenção dessa fiação”, comentou.

Prefeitura  

A Prefeitura de Caraguatatuba informou que fez uma reunião com representantes da EDP Bandeirantes, Vivo, Ability, Claro, Net, EBT, Aloha e 76 Telecom para tratar da fiação solta na cidade.

Segundo a prefeitura, a empresa Caraguá Luz, cuida apenas da iluminação pública, troca de lâmpadas no centro e bairros.

A Prefeitura informou ainda que discutiu com os representantes das empresas a padronização no cabeamento de fios telefônicos e de internet. A reunião ocorreu em fevereiro, na Secretaria de Urbanismo, coordenada pelo secretário Ricardo Gaspar.

A prefeitura, após a reunião, teria notificado a EDP para que a empresa desse um jeito na fiação que está caída no centro e bairros, mas que até agora, nada teria sido feito.

Segundo o secretario da pasta, Ricardo Gaspar, é necessário ter um padrão para a instalação dos cabos porque não é só uma questão visual, mas de segurança pública. A Bandeirante é a única responsável por todo tipo de cabeamento da cidade e pede apoio da Prefeitura para direcionar o trabalho da fiscalização.

EDP

A EDP criou um grupo de trabalho no município de Caraguatatuba com objetivo de melhorar as condições da rede compartilhada nos postes, minimizando o impacto visual da fiação. A ação ocorre por meio de parceria com as empresas de telecomunicação compartilhantes de infraestrutura e com a Prefeitura Municipal.

Neste projeto, as empresas que compartilham a rede da Distribuidora realizam um trabalho contínuo para eliminação do cabeamento excedente e, ao final da execução de cada área pré-estabelecida, há inspeção por parte da concessionária. Além disso, quando necessário, são encaminhados pontos específicos para atuação. O andamento do serviço será apresentado em reuniões periódicas e, no momento, os trabalhos estão sendo realizados na área central da cidade, conforme acordado em reunião do Grupo. 

Vale ressaltar que a EDP também tem como praxe o aviso antecipado para as empresas compartilhantes, sobre suas obras realizadas nos postes, visando que sejam tomadas as devidas providências quanto as adequações com os cabeamentos de telecomunicação

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.