Bronca de Moradores Ilhabela

Ilhabela: Moradores cobram manutenção em ciclovia e Ponte Estaiada

Ilhabela tem mais de 8 quilômetros de ciclovias em diferentes pontos do município mas, nos últimos meses, alguns trechos têm causado mais problemas do que benefícios à população. Ciclistas e pedestres têm disputado espaços não tão bem sinalizados e adequados na cidade. A Ponte Estaiada, por exemplo, construída há cerca de quatro anos e que interliga a ciclovia da Barra Velha com o trecho que leva até o Centro Histórico do município, vem se degradando há meses.

Utilizada diariamente por centenas de pessoas que usam o serviço da balsa ou que utilizam o transporte aquático para a ida até São Sebastião, a ponte teve seu mirante de contemplação interditado há 11 meses, após vistoria da Defesa Civil. Na mesma ocasião, foram constatadas diversas inadequações na estrutura, como necessidade de reforço dos pilares, que mostram sinais de abalo, e ainda o posicionamento incorreto das ripas de madeira, que com o impacto dos pneus das bikes se rompem e causam acidentes, já havendo registros de ferimentos e lesões de ciclistas.

Um funcionário da Marina que funciona ao lado da ponte, que prefere não ser identificado, relata que já viu, por várias vezes, ciclistas caírem nas fendas que se abrem entre as ripas de madeira. “Está tudo podre. As madeiras estão colocadas na direção errada, tinha que ser ao contrário. Tem também uns policiais que passam de moto. A gente tem até medo que aconteça algo, porque moto é ainda mais pesado que bicicleta, e se de bike a gente já vê cair um monte de gente, imagina só” comentou ele.

Procurada pela redação do Tamoios News, a prefeitura de Ilhabela informou que no início de março ocorrerá a abertura do processo licitatório para realização de reforma total da estrutura, que “apresenta problemas, sinais de abalo e balança  quando moradores acessam seu guarda corpo”. A nota ainda informa que a licitação prevê todos os reparos necessários nas colunas de sustentação e vigas em concreto, que serão reforçadas, e troca do madeiramento. Enquanto a obra não ocorre, a Secretaria de Serviços Urbanos fará a manutenção do local.

Na época da interdição, em março de 2018, o prefeito de Ilhabela Márcio Tenório havia comunicado o aceleramento do projeto que traria melhorias à ponte, e questionado sobre a atual situação da mesma, ele diz que medidas serão tomadas. “Vamos executar os serviços para melhorar a segurança das pessoas, trabalhadores, estudantes e população em geral que utilizam a ponte como acesso” destacou Tenório.

À parte da questão dessa obra, outras áreas de ciclovia também passam por falta de manutenção.  Pouco à frente da Ponte Estaiada, partes da pista para bicicleta se confundem com a calçada para pedestres, tendo, ambos, que transitarem pelo mesmo espaço. As fortes chuvas das últimas semanas também revelam algumas dificuldades encontradas por quem anda sobre duas rodas: areia trazida em quantidade pelos ventos, tornando o asfalto da ciclovia mais perigoso e escorregadio; elevações em certos pontos da faixa para bikes, devido á obras subterrâneas ou passagem de veículos pesados que alteram o nivelamento do asfalto; além de galhos de árvores e palmeiras que caem ao longo do caminho ou racham e ficam dependurados à altura dos corpos dos ciclistas, virando obstáculos a serem desviados.

Moradores reclamam, também, da falta de sinalização que distingue o espaço para bikes da calçada para quem está a pé. “Quem é turista não sabe que a faixa vermelha é para ciclistas, e nos finais de semana e feriados, ou dias de maior movimento é muito comum a parte de bicicletas ficar cheia de gente andando. Não é difícil [resolver a questão], era só pintar umas bicicletas ao longo da ciclovia, ou a própria palavra ‘ciclovia’ no chão, de branco ou alguma cor que destacasse, chamasse a atenção” apontou Nilda Almeida, que utiliza a ciclovia todos os dias para ir e voltar do trabalho.

A redação do Tamoios News também tentou contato com a Secretaria de Serviços Urbanos de Ilhabela, mas não obteve retorno até o fechamento da matéria.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: