Política Ubatuba

Vereador critica diretora da Santa Casa que recebe R$ 25 mil

Administradora que recebe R$ 25 mil diz: “sou passageira”

Por Raell Nunes

O vereador Claudnei Xavier (PSDB) criticou a diretora da Santa Casa, Maria Isabel Rodrigues Cruz. Para ele, não tem como justificar o injustificável. “Muitos acabam, ali, falecendo, porque temos grandes deficiências na Santa Casa”. O tucano ainda disse que o salário da funcionária de R$ 25 mil é inviável na cidade.

O vereador também apontou o fato de Ubatuba não ter uma UTI, sendo que é preciso levar os pacientes para outra cidade para fazer o devido tratamento. O legislador alega que começaram a fazer reformas na unidade hospitalar que foram impensadas.

“Tem municípios no Brasil muito menores que Ubatuba, numa situação muito mais precária, e tem UTI. Por que nós não podemos ter? Eu tenho esperança e vou brigar. Já estive sentado com o Secretário de Estado de Saúde. A momento, falou que era inviável pela estrutura do prédio da Santa Casa”, disse.

O político também falou da questão financeira, dizendo que os funcionários não estão sendo valorizados. “Muitos funcionários não estão recebendo. Os médicos, agora, receberam com atraso. Chegou ao meu conhecimento”, expõe.

Funcionária de R$ 25 mil 

A diretora da Santa Casa de Ubatuba, Maria Isabel Rodrigues Cruz, contratada no começo do ano por R$ 25 mil ao mês, veio à público pela primeira vez explicar feitos de seus serviços.

A voz de Maria Isabel foi ouvida na sessão de Câmara desta terça-feira (21). Mesmo sob pesadas críticas à sua administração e ao seu alto salário – mais que do prefeito, que é R$ 15 mil – na última reunião em plenário, ela insistiu em falar das boas ações.

“Eu sou passageira, venho com uma missão de início, meio e fim. Mas a minha missão é poder sair e deixar, de fato, um hospital nessa cidade. A nossa diretoria/administração tem apenas mais nove meses para conseguir, de fato, ter um hospital”, disse.

Fugindo da polêmica do salário, a diretora falou que sua gestão conseguiu fazer um centro cirúrgico, sala de medicação, pois os pacientes eram atendidos em uma espécie de rampa, e a reforma da cozinha, que, segundo explicou, está interditada.

Ela comentou as condições adversas para assumir a Santa Casa, que não tem estrutura física. “Fui convidada a participar de um projeto para construir e montar aqui uma faculdade de medicina. Para que esse projeto seja realmente alcançado, nós temos que ter um hospital”, acrescentou.

Em suas palavras, Maria Isabel prometeu deixar mais 25 leitos para atender a população. “O hospital não é da diretoria, não é dos médicos. O hospital é da população. Eu peço desculpas por todos os erros que possam ocorrer, que tenham ocorrido, mas o nosso esforço em melhorar é diário”, concluiu.

Prefeitura

Em nota, a Prefeitura de Ubatuba disse que quanto ao salário da diretora de Maria Isabel Rodrigues cabe esclarecer que os valores são condizentes com o mercado de forma geral.

Conforme a administração municipal, a  diretora   tem mais de 30 anos de experiência neste setor,  tendo administrado Santas Casas em várias cidades deste país, especialmente as que apresentavam crises financeiras e administrativas como a que vem atravessando a de Ubatuba.

“Neste sentido, vem promovendo algumas alterações pontuais,  como enxugando gastos com folha de pagamento, encurtando procedimentos e burocracias desnecessárias,  investindo recursos em assistência médica, que é o que mais importa a população de Ubatuba”, acrescenta.

Sobre a faculdade de medicina, a Prefeitura esclarece que as negociações para a instalação de uma faculdade de medicina em Ubatuba estão ocorrendo desde  o ano passado entre Prefeitura de Ubatuba e Universidade de Taubaté, portanto sem vínculo com a atual diretora.

Para o prefeito de Ubatuba, Délcio Sato (PSD), muito se conquistou com a atual equipe gestora desde a requisição  administrativa civil da entidade, por meio dos Decretos 6873/18 e 6874/18, em maio deste ano.

“Renegociamos as principais dívidas e, o mais importante, garantimos o atendimento à população com a nova ala de pediatria e o centro cirúrgico”, disse o prefeito.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.