causa animal Ilhabela

Bombeiros salvam cinco cachorros que estavam “ilhados” em Ilhabela

O Corpo de Bombeiros de Ilhabela teve muito trabalho na noite de domingo(20). Resgatou dois jovens, que estavam acampados no Pico do Baepi, atingidos por um raio, infelizmente, um deles veio a falecer; e, simultaneamente, salvou cinco animais no mar.

Por Salim Burihan

O caso envolvendo os cinco animais, ocorreu na noite de domingo, por volta das 23 horas, na praia em frente a Vila, no centro, próximo ao píer principal de Ilhabela.

Os animais, quatro cachorros da raça Pastor Alemão e um deles, sem raça definida, estavam ilhados em uma pedra no mar.

Os animais tinha ido ao local quando a maré ainda estava baixa, mas choveu forte e o mar avançou. Os animais ficaram “ilhados” e impossibilitados de retornarem até a praia.

Populares, moradores e turistas, que estavam na vila, presenciaram o drama dos cachorros e acionaram os bombeiros.

Foram até o local, o cabo Anderson, o bombeiro civil Paulo Afonso Cruz e o soldado Pontes. Com equipamentos especiais, os bombeiros, entraram no mar e, a nado, retiraram um a um os animais.

“Foi a primeira vez que fizemos na ilha este tipo de salvamento de animal no mar. Ficamos muito felizes em salvar os cachorros”, contou Paulo Afonso.

Segundo ele, os populares tentaram resgatar os animais, mas os cachorros estavam muito assustados e apreensivos com os raios e trovões que caíam sobre a ilha na noite do domingo.

Paulo Afonso explicou que os animais estavam a cerca de 50 metros da praia, abrigados em uma pedra, no mar.

“Eram animais dóceis, mas estavam, realmente, muito estressados devido aos raios e trovões. Retiramos um a um, a nado, colocamos todos eles em segurança na praia. Os animais retornaram sozinhos aos seus proprietários, logo após, estarem em segurança na Vila”, contou.

Segundo Paulo, foi a primeira vez que os bombeiros resgataram cachorros no mar. “Nós resgatamos, recentemente, dois tamamduás que apareceram em residências particulares. Levamos ao veterinário e depois reintroduzimos os animais na mata”, contou.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: