Chuvas São Sebastião

Defesa Civil garante que hotel tinha sido alertado sobre riscos de desabamento

Defesa Civil de São Sebastião está avaliando a situação das casas vizinhas ao Hotel Terrinos, situado nas encostas da Praia das Cigarras.

A ação visa averiguar se as moradias correm algum tipo de risco, uma vez que as encostas estão muito instáveis.

Parte da estrutura do hotel desabou por volta das 4h30 da manhã desta segunda(18). Teriam sido atingidos parte dos quartos e o salão de festa do estabelecimento.

Segundo a defesa civil, não houve vítimas. A Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) realizam vistoria no local, que foi interditado por medida de segurança.

Parte de sua estrutura apresenta riscos e trincas. O prefeito Felipe Augusto esteve no local pela manhã para verificar a situação.

O prefeito mostrava muita preocupação com a situação das casas vizinhas e a rodovia Rio-Santos que fica muito próxima do local que desabou.

No sábado(16),  entrevistamos o prefeito,  sobre os constantes deslizamentos ocorridos no trecho entre as praias da Enseada e São Francisco. No trecho, de cerca de 7 Kms, existem oito deslizamentos de pequenas proporções, mas que preocupam os moradores e usuários da rodovia.

O prefeito disse que a situação preocupa e que medidas deverão ser adotadas pelo DER para conter esses deslizamentos.

“ A gente passa pela estrada e nesse trecho, no período de chuvas, sempre vê um novo deslizamento”, disse José Henrique, que mora em Caraguá e trabalha em São Sebastião .

No sábado, devido às chuvas, uma árvore caiu na rodovia, interditando o trecho por alguns minutos.

O DER(Departamento de Estradas de Rodagem) deve começar nesta segunda(18) a recuperação do Km 116, atingido por uma erosão no início deste mês. Não foi informado se o DER vai fazer a contenção dos deslizamento existentes no trecho entre a Enseada e o São Francisco.

Hotel

O coordenador da Defesa Civil de São Sebastião, Ricardo dos Santos explicou que a parte do hotel que desabou se encontrava alguns quartos, que estavam desocupados, e um salão de festa.

O local, que está sem atividade há quatro anos, já tinha sido vistoriado pela Defesa Civil, e o proprietário ciente sobre os riscos. Na semana passada o estabelecimento passou por nova vistoria, na qual a Defesa Civil reforçou o alerta de risco iminente.

Segundo informações, o hotel alojou o policiamento destinado ao município na temporada de verão.

A defesa civil confirmou que as moradias no entorno do local do incidente estão sendo também avaliadas, segundo o Plano Municipal de Defesa Civil.

As equipes estão monitorando toda a região para verificar riscos de mais desabamentos, e sobre a Rodovia Manoel Hypolito do Rego (SP-55), em especial no KM118 – que passa embaixo do local onde houve o desmoronamento de parte da estrutura do hotel.

1 Comentário

  • CRUEL e ao mesmo tempo CURIOSO, INTERESSANTE e já PREVISTO quando deixei alguns AUTOS DE INFRAÇÕES neste estabelecimento‼️?

    LEMBRANDO que neste local, foi palco de grandes eventos, reuniões da Prefeitura de São Sebastião, casamentos (alguns bem sucedidos e outros calamitosos), onde ainda acabou servindo de estadia e alojamentos para POLICIAIS MILITARES de reforço, para a chamada OPERAÇÃO VERÃO quê se inicia todo final do ano, encerrando após o CARNAVAL‼️????‍♂️

    NÃO QUERO ACREDITAR, que alguém concedeu HABITE-SE para este prédio, A.V.C.B (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) e posterior ALVARÁ DE FUNCIONAMENTO para atividade comercial exercida‼️???‍♂️

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.