Chuvas Litoral Norte

Dezenas de motoristas perderam placas em alagamentos. Veja o que fazer

Placas foram perdidas durante as chuvas na região central

Os alagamentos ocorridos nos últimos dois dias nas cidades da região fizeram com que muitos motoristas perdessem suas placas dianteiras.

As placas caíram quando os motoristas forçaram a passagem nos trechos alagados em ruas e avenidas de São Sebastião, Caraguá, Ilhabela e Ubatuba.

Alagamento na avenida da Praia, em Caraguá, na quarta(6). Foto: Lucas Uber

 

Como a placa dianteira não é lacrada, como ocorre com a que fica atrás do veículo, ela se desprende com maior facilidade quando o veículo passa por alagamentos ou enchentes.

Em São Sebastião, nos últimos dois dias, foram encaminhadas ao Detraf (Departamento de Trânsito de São Sebastião) mais de 50 placas perdidas nos alagamentos ocorridos na cidade.

A maioria delas é de São Sebastião, mas tem placas também de Caraguá, São Paulo e cidades do interior paulista. A Ditraf fica na rua Sebastião Silveira Neves, 185, no centro e a retirada da placa pode ser feita das 8 às 17 horas.

Em Caraguá, as placas perdidas nos alagamentos podem ser localizadas no Poupatempo, Ciretran ou na Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana e Proteção ao Cidadão, que fica na rua Irmã São Francisco, 83, no bairro da Caputera.

A secretaria atende das 8h30 às 16h30. No local estão 15 placas encontradas nas ruas e avenidas nos últimos dois dias. Para retirar a placa nesses locais o proprietário deve comparecer pessoalmente e levar a documentação do veículo.

Procedimento                                                                                               

O motorista que perdeu a placa dianteira na terça(5) ou quarta(6) deve procurar no Ciretran de sua cidade e se não achar, deve fazer um boletim de ocorrência (BO) na delegacia para informar que perdeu a placa em uma enchente.

O registro permitirá que a placa fique “inativa” e não possa ser utilizada por outro veículo indevidamente.

Se o dono do carro não encontrar a placa deve evitar circular com seu veículo, pois se trafegar sem a placa dianteira estará sujeito a uma multa de R$ 293,47 e a perda de sete pontos na carteira de habilitação, pois trafegar sem a placa dianteira é considera infração gravíssima.

Caso não encontre a placa pedida, o dono do carro deve fazer um novo emplacamento no Ciretran de sua cidade.

Para fazer o emplacamento dianteiro, basta o proprietário mandar fazer uma nova placa. Não é necessário fazer vistoria.

O valor da placa dianteira pode chegar a R$ 120,00. Como a traseira depende da vistoria e do lacre, o custo chega a ser mais elevado.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.