Caraguatatuba Cidades

Aguilar Júnior vai distribuir kits de alimentação para alunos da rede municipal

O prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior, anunciou na tarde de ontem, quarta-feira (25) novas medidas de combate ao coronavírus (Covid-19), além de ações no âmbito social e econômico para minimizar o impacto da pandemia na cidade.

Entre as estratégias para a saúde estão a criação de mais leitos de UTI e a locação de respiradores que serão instalados na Casa de Saúde Stella Maris para atendimento dos casos suspeitos e graves de Covid-19.

Atualmente, a unidade hospitalar conta com sete leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), sete leitos de Unidade Semi Intensiva e três de Emergência.

A Prefeitura de Caraguatatuba vai implantar mais sete leitos de UTI com equipe completa e equipamentos de isolamento respiratório.

O prefeito Aguilar Junior anunciou também a compra de testes rápidos para coronavírus, que devem ser entregues ao município até o início da próxima semana.

“Importante salientar que os testes rápidos terão critérios para uso, estabelecidos pelo Ministério da Saúde, voltado aos pacientes com sintomas graves de Covid-19”, ressaltou o prefeito.

Atendimentos

Além das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), que contam com espaço separado para atendimento de casos suspeitos de Covid-19 e das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do Centro, Massaguaçu e Perequê-Mirim, o prefeito anunciou ainda que, se for necessário, criará novos espaços.

“Temos em mente deixar uma UPA exclusiva para atendimento de pacientes com suspeitas de coronavírus. Se necessário for, criaremos outros locais, como o CIAPI e leitos em hotéis e pousadas, assunto que já estamos tratando com a Associação de Hotéis e Pousadas”, disse o prefeito.

Kit de Alimentação Escolar

Preocupado com a questão das crianças que foram dispensadas das aulas na rede municipal de ensino, o prefeito de Caraguatatuba anunciou também medidas para ajudar as famílias em situação de maior vulnerabilidade.

A partir da próxima semana, serão distribuídos kits de alimentação escolar contendo produtos perecíveis como arroz, feijão, óleo, sal, açúcar, leite em pó, macarrão, biscoito e molho de tomate.

Os critérios de entrega serão estabelecidos entre as Secretarias de Educação e de Desenvolvimento Social, que definirão a forma de distribuição.

Novo decreto

O prefeito informou também, a necessidade de adequar o decreto municipal ao decreto estadual de quarenta que começou a valer na terça-feira (24/03).

O ato do governador João Dória inclui alguns estabelecimentos comerciais como essenciais que não estavam contidos no decreto municipal, como oficinas mecânicas, lotéricas, transportadoras, bancas de jornal, além de estabelecimentos industriais, na medida em que não abranjam atendimento presencial ao público.

Importante salientar que os prestadores de serviços privados essenciais deverão restringir em 50% o número de pessoas que podem ingressar nos respectivos estabelecimentos, que consta no AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros).

Economia

“Vamos salvar vidas, mas não vamos esquecer da economia”, disse o prefeito Aguilar Junior sobre medidas econômicas a serem adotadas na cidade.

Segundo ele, esse assunto está no radar dos técnicos da Prefeitura e serão anunciados no tempo certo, inclusive com a participação de entidades de classe.

“Recebemos um comunicado de diversas associações e quero receber as propostas e debatê-las uma a uma”, ressalta.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: