Caraguatatuba Cidades

Black Friday: Procon-SP autua seis estabelecimentos em Caraguá, entre eles, o Burger King

Uma fiscalização realizada pelo Procon-SP autuou seis estabelecimentos em Caraguatatuba na Black Friday. As irregularidades encontradas foram: não cumprimento da oferta anunciada, estabelecimento sem o Código de Defesa do Consumidor e falta de clareza nas informações da promoção.

Uma das empresas autuadas foi o Burger King, instalado no Serramar Shopping. Segundo o Procon-SP, a publicidade veiculada informava que o consumidor só teria direito a oferta caso fosse realizada pelo aplicativo, porém as equipes de fiscalização verificaram que várias lojas da referida lanchonete estavam com o sistema inoperante. Assim, o consumidor não conseguia adquirir o lanche pelo valor promocional ofertado.

Foi o que teria ocorrida na loja da hamburgueria em Caraguá. O Burger King e as demais empresas atuadas em Caraguatatuba deverão responder a um processo administrativo e podem ser multadas.

O Procon-Caraguatatuba não acompanhou e nem foi informado da fiscalização feita pelo Procon-SP, segundo a chefe de fiscalização Alessandra Roselli.

Segundo ela, o Procon-Caraguatatuba ainda não recebeu nenhuma reclamação sobre problemas ocorridos na Black Friday na cidade.

Balanço

O @proconsp, vinculado à Secretaria da Justiça e Cidadania, divulga o último balanço da semana sobre a Black Friday – até as 12 horas dessa segunda-feira (2/12), já foram realizados 1.079 atendimentos, sendo 653 registros de reclamações e 426 consultas e orientações (151 e redes sociais).

As redes de fast food Burger King e McDonald’s seguem como as empresas mais reclamadas, com 77 e 73 demandas, respectivamente. Ambas foram notificadas em razão do aplicativo do Mercado Pago, meio de pagamento para ter acesso à promoção de lanches, estar inoperante. O McDonald’s ainda recebeu uma segunda notificação pela inoperância do próprio aplicativo, que também seria meio de acesso para ofertas exclusivas.

As empresas responderão a um processo administrativo e podem ser multadas.

O principal motivo de reclamação foi produto e/ou serviço indisponível com 195 registros.

Reclamações: 653

Empresas mais reclamadas

BURGER KING DO BRASIL 77 11,79%

MCDONALD’S (Arcos Dourados Comercio de Alimentos) 73 11,18%

B2W COMPANHIA DIGITAL (americanas.com/submarino/shoptime/soubarato/lojas americanas) 62 9,50%

VIA VAREJO (Casas Bahia / Ponto Frio / extra.com) 47 7,20%

MAGAZINE LUIZA 28 4,29% CARREFOUR 29 4,44%

MERCADO LIVRE 14 2,20%

Principais Problemas

Produto e/ou serviço indisponível 195 29,86%

Maquiagem de desconto (desconto oferecido sobre o preço do produto e/ou serviço não é real) 135 20,67%

Mudança de preço ao finalizar a compra 120 18,38%

Pedido cancelado após finalização da compra 69 10,57%

Não entrega/demora na entrega 56 8,58%

Site intermitente, congestionado e/ou página bloqueada 45 6,89%

CONSULTAS E ORIENTAÇÕES (151 E REDES SOCIAIS): 426 TOTAL: 1.079

 

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: