Caraguatatuba Cidades

Comunidade faz encontro em Caraguá pelo fortalecimento e valorização da cultura caiçara

Menino caiçara de Castelhanos,Ilhabela._Foto Alex Damico

A cultura caiçara está viva e presente no dia a dia do Litoral Norte. Apesar do crescimento e do desenvolvimento turístico, as comunidades tradicionais se mantém presentes e atuantes na região.

É com este objetivo, de valorizar e fortalecer essa cultura tradicional, que acontece neste sábado (11), no Entreposto de Pesca do bairro Porto Novo, na região sul de Caraguatatuba, a partir das 11h, o 3º Encontro de Reis Caiçaras do Rio Juqueriquerê.

O evento é aberto ao público e conta com muita música, poesia, culinária caiçara e mais. Trata-se de uma boa oportunidade para conhecer e apreciar os projetos culturais desenvolvidos em Ubatuba, Ilhabela, Caraguá e São Sebastião e Paraty.

O evento é organizado pela Associação Caiçara do Juqueriquerê, Coletivo Fieira de Timbopeva e Coisas de Caiçara com o apoio da Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba e tem como objetivo o fortalecimento da cultura caiçara que, segundo os organizadores, “deve ser preservada e passada adiante, principalmente para os mais jovens”.

Durante a comemoração o público poderá degustar da deliciosa culinária caiçara, participar de um sarau com o Fieira de Timbopeva e da entrega de títulos em homenagem a cidadãos caiçaras, além de apreciar a exposição de réplica de canoa e instrumentos musicais típicos.

Também haverá apresentação da Folia de Reis Semente de Prumirim, de Ubatuba, show com o músico caiçara Luís Perequê, de Paraty (RJ) e um tradicional baile de fandango – gênero musical e coreográfico, fortemente associado ao modo de vida da população caiçara.

É claro, haverá também muitos “causos e prosas”. Entre os participantes estarão o jornalista e músico Pitágoras Bom Pastor de Medeiros, a socióloga Silvia Paes, nascida e criada às margens do rio Juqueriquerê, uma das pessoas que mais colaboram para a valorização da cultura caiçara e o poeta Silvio Rangel, filho de uma das famílias tradicionais de Caraguá, poeta e profundor conhecedor da vida caiçara.

“O importante desses encontros é o resgate e a valorização da cultura caiçara. É repassar para os mais jovens que o “desapego” pelas coisas que os antigos caiçara tinham foi fundamental para que a região fosse preservada. O caiçara não via o Litoral Norte como um “negócio promissor” e sim como um local para uma vida simples e comunitária. Sempre foram pessoas muito simples, mesmo, aqueles que possuíam uma vida mais bem sucedida”, destacou Pitágoras.

Caiçara recolhendo sua rede de pesca. Foto: Jorge Mesquita

O encontro é aberto aos turistas interessados em conhecer de perto alguma das tradições caiçaras. Para participar é só levar um prato de doce ou salgado e a bebida que for consumir. Um belo programa para quem pretende visitar a cidade neste fim de semana.

Serviço

3º Encontro de Reis Caiçaras do Rio Juqueriquerê

Dia: 11/1, sábado

Hora: A partir das 11h

Local: Rua Izamira Pinto Santana, 708, Porto Novo – Caraguatatuba

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: