Caraguatatuba Cidades

Defesa Civil de Caraguá monitora áreas de riscos

Agente da Defesa Civil vistoria encosta em Caraguatatuba. Foto: PMC

A Defesa Civil de Caraguatatuba tem intensificado o monitoramento nas áreas de riscos devido às chuvas constantes que caem na cidade desde segunda-feira. A média do acumulado nas últimas 72 horas gira em torno de 85 milímetros, mas em alguns pontos, como Tabatinga, já passa de 123 milímetros.

A preocupação do vice-prefeito e coordenador municipal da Defesa Civil, capitão Campos Junior, é que o solo está encharcado, o que acarreta mais riscos de escorregamento/deslizamento de terra. Atualmente, Caraguatatuba tem 19 áreas de risco em 54 setores.

“Nossas equipes passam diariamente em todas as áreas para saber o comportamento do solo e os moradores são orientados sobre o que fazer caso identifiquem algo incomum no comportamento do solo, como saída imediata da casa”.

Ainda de acordo com Campos Junior, há uma preocupação também com o trecho de serra da Rodovia dos Tamoios (SP-99) que, embora o volume de chuvas não tem atingido os 100 milímetros em 72 horas, podem ocorrer escorregamentos de terra.

De acordo com o Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), do Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe), de Cachoeira Paulista, a probabilidade de chuva para esta quinta-feira (13) é de 87%, caindo para 30% na sexta-feira e no sábado e aumentando para 80% no domingo (16). A temperatura deve variar de 21 graus, a mínima, na sexta-feira a 33 graus, a máxima, no domingo.

Em caso de emergência, acione para o telefone 199 da Defesa Civil de Caraguatatuba.