Cidades São Sebastião

Exames indicam que morador pode ter morrido por Coronavírus, mas a confirmação será feita pelo Instituto Adolfo Lutz, diz prefeito

Home, de cerca de 70 anos, morreu na manhã deste sábado(4)

Em entrevista concedida à uma emissora de rádio de São Sebastião, na manhã desta terça-feira(24), o prefeito da cidade, Felipe Augusto, comentou que todos os exames realizados em Roberto Alves dos Santos, falecido na noite de ontem no hospital de clínicas do município, indicam que a morte dele pode ter sido provocada pelo novo coronavírus, mas que, oficialmente, a causa deverá ser oficializada pelo Instituo Adolfo Lutz.

Os exames, segundo Felipe Augusto, foram encaminhados para análises do Instituto Adolfo Lutz. “Tudo leva a crer que tenha sido essa doença”, disse ele,  sobre a possível causa da morte de Santos.

Ele disse ainda que Santos, de 60 anos, tinha histórico de doença crônica, fator que pode ter potencializado e causado a sua morte. Felipe Augusto pediu mais uma vez para a população permanecer em casa, em isolamento, pois o período de pico do COVID-19 deve ocorrer nos próximos dias.

Hospital Regional

Felipe Augusto disse ainda que em uma reunião, feita através de vídeo-conferência, entre o secretário estadual de Saúde, José Henrique Germann e o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, com a participação dos prefeitos do Litoral Norte ficou decidido que o Hospital Regional de Caraguatatuba deverá abrir emergencialmente  a partir do próximo dia 30, com 30 leitos e tomógrafo para atender casos específicos de coronavírus diagnosticados na região.

O prefeito informou ainda que está tentando antecipar o funcionamento do hospital de Boiçucanga, previsto para ser inaugurado em setembro, para os próximos 30 dias.  A empresa responsável pelas obras estaria em seu terceiro turno de serviços. Segundo ele, obras públicas não podem parar apesar da pandemia do coronavírus.

Suspeita

Roberto Alves dos Santos, de 60 anos, que faleceu na noite desta segunda-feira (23), em São Sebastião, pode ter sido a primeira morte por coronavírus registrada no Litoral Norte.

Segundo a prefeitura, Santos deu entrada no hospital de clínicas da cidade, ontem, com sintomas da doença- febra alta, tosse e falta de ar, foi internado e entubado.

Santos , que tinha uma doença crônica, morreu de insuficiência respiratória, segundo a prefeitura.

A prefeitura ainda aguarda os exames coletados e encaminhados ao Instituto Adolfo Lutz para confirmar a sua morte por COVID-19.

A cidade de São Sebastião tem dois casos confirmados, cujos pacientes permanecem isolados e passam bem, segundo a prefeitura . A cidade tem ainda onze casos em investigação.

Roberto Alves dos Santos, conhecido como Massa, morava no bairro Pontal da Cruz e entre 2009 e 2016 foi secretário municipal em São Sebastião.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: