Cidades São Sebastião

Casal de gansos é atração na praia de Barequeçaba, em São Sebastião

Hipólito e Madalena, dois gansos da raça francesa Toulouse, mas nascidos no interior de São Paulo, se transformaram em atração  na praia de Barequeçaba, em São Sebastião, neste verão 2020. As aves adoram passear pela areia e nadar nas águas mansas da praia, sempre sob os cuidados de seus donos, encantando  turistas e veranistas que frequentam o local

Por Salim Burihan

Um casal de gansos virou atração na praia de Barequeçaba, em São Sebastião. Todo final de tarde, Hipólito, o macho e Madalena, a fêmea, saem para passear na praia com seus donos, atraindo a atenção e admiração de quem frequenta o local.

A beleza, delicadeza e o comportamento das aves impressionam turistas, veranistas e moradores da praia. A maioria se surpreende como as aves passeiam e até nadam sempre respeitando as ordens de seus donos.

“Que gracinha, passeiam e entram na água com muita delicadeza e formosura. São muitos fofos. Nunca tinha visto nada parecido nas praias que frequento”, disse a artista plástica Cleide Silva, de Campinas.

O comandante Sérgio Ramos, presidente da Associação Amigos da Barequeçaba, comentou que é impressionante como as aves se comportam sob o comando dos donos. “Os gansos se transformaram em atração turística da praia”, disse.

Hipólito e Madalena, o casal de gansos, são animais de estimação do casal Osiris Bueno, o “Siri”,  caiçara de São Sebastião e da artista plástica Salete Pinese, natural de Santa Bárbara d’Oeste, que vive há dois anos em Barequeçaba.

Siri, o dono, sai para passear com os dois gansos atrás

Os gansos foram trazidos de Santa Bárbara d’Oeste. “Fui visitar a minha família e vi os gansinhos na chácara de minha amiga Bianca. Fiquei encantada com eles. Meu coração acelerou na hora que vi eles. Ela me deu os dois de presente, mas só pude busca-los um mês e meio depois. Trouxemos para Barequeçaba em setembro do ano passado”, contou Salete.

Salete com os dois gansos no colo

As aves são de origem francesa, da raça Toulouse, mas nascidos no Brasil. Quando chegaram em Barequeçaba, ficaram alguns dias num galinheiro lindo e colorido construído por Siri e Salete. Logo após o período de adaptação o casal começou a leva-los à praia.

“Era engraçado, no início eles tinham medo das ondas, mas adoravam ficar mariscando na maré. Fizeram sucesso logo no primeiro dia. Todo mundo amou ver os gansos na praia. À partir daí eles começaram a ir todo dia, no final da tarde. E agora ficam reclamando quando a gente demora pra ir”, comentou ela.

Muita gente tem ido até a praia, principalmente, veranistas e moradores do bairro, no  final de tarde para ver os gansos Hipólito e Madalena passeando na areia ou entrando na água. “Eu e Siri vamos na frente e os dois nos seguem com aquele rebolado encantador.  Viramos atração da praia. Eles são parte da família e adoram passear com a gente”, afirmou Salete.

Os gansos vão completar cinco meses de vida, ainda são filhotes, mas não tiveram qualquer problema para se adaptarem à vida a beira mar.  São alimentados com farelo de milho, verduras, frutas, legumes, grama e insetos.

As aves saem para passear pelas ruas tranquilas do bairro, mas ainda não foram para a região central ou outras praias. “Ainda não… tem muita gente na temporada e eles precisam estar focados em nós. Mas está sim nos planos leva-los para outros passeios. Vou tentar ensina-los a andar na cestinha da bicicleta para sair de bike com eles, acho que vão gostar”, comentou ela.

Salete e Siri adoram animais. Possuem dois cachorros, Ludmila e Marrom; três gatos, Zé Ruela, Matilde e Tulipa; três galos,  Tonico, Marciano e Olegário; e, uma galinha, Tinoca. É uma “família” bem grande, mas todos se dão bem, segundo Salete.

Os gansos convivem bem com a família e as visitas de Siri e Salete

“Todos se dão bem, vivem como irmãos, E como em qualquer família, as vezes dá umas tretas, mas depois fica tudo bem…”, disse ela. Os gansos Hipólito e Madalena, segundo Salete, às vezes dão um susto no Siri.

“As aves saem voando em direção ao mar, mas retornam, quando ele assovia. Na primeira vez que isso ocorreu, o Siri ficou assustado, achando que os gansos não retornariam mais, mas eles acabaram voltando, para alívio dele”, contou.

 

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: