Cidades Saneamento Básico

Plano Municipal de Saneamento de Ilhabela ainda aguarda avaliação jurídica

Praia do Curral aparece como imprópria para uso

Após dois anos de muita negociação, as prefeituras de São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba acertaram a renovação do contrato com a Sabesp. Falta apenas, Ilhabela, justamente, a mais rica e com a menor infraestrutura em saneamento básico

Por Salim Burihan

Após dois anos de muitas conversações as prefeituras de São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba assinaram a renovação dos contratos de prestação de serviços de água e esgoto com a Sabesp.

Ilhabela é a única cidade da região que ainda não definiu e nem aprovou seu Plano Municipal de Saneamento Básico. O arquipélago, apesar de ser o de maior orçamento da região, R$ 1 bi em 2020 é o com menor infraestrutura de água e esgoto.

Apesar de rica, Ilhabela com 34 mil habitantes, conta com apenas 43% de suas residências com rede de esgoto. Durante o verão a maioria de suas praias ficam impróprias devido a presença do esgoto.

Cidades

Os contratos assinados com São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba, possuem prazo de  30 anos de validade, conforme reivindicação dos prefeitos, garantem obras importantes nos próximos dez anos. A programação de obras poderá ser revista a cada 4 anos.

Em Caraguá, obras da Sabesp avançam no Jardim Gaivotas

A Sabesp pretende investir R$ 5 bilhões em obras no Litoral Paulista nos próximos cinco anos.  Isso garantirá às prefeituras de São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba investimentos necessários pela Sabesp nos próximos dez anos.

O maior investimento da Sabesp será em Ubatuba: R$ 697 milhões em obras de esgoto e água em Ubatuba.

Os investimentos destinado pela Sabesp para Ubatuba superam os valores dos contratos assinados com São Sebastião e Caraguatatuba, de R$ 610 milhões e R$ 422 milhões, respectivamente.

O contrato de Caraguatatuba é de R$ 422 milhões, sendo, R$ 283 milhões para rede de esgoto e R$ 115 milhões para rede de água, os R$ 24 milhões restantes serão utilizados em outros serviços.

Em São Sebastião, o contrato prevê investimentos de R$ 388,7 milhões em esgoto e de R$ 200,7 milhões em água e ainda R$ 20 milhões em outros serviços.

Felipe Augusto durante a divulgação da assinatura do contrato com a Sabesp

O diretor de Sistemas Regionais da Sabesp, Ricardo Borsari, tem atuado bem junto as prefeituras da região. Borsari tenta agora convencer Ilhabela a assinar o contrato.

O diretor de Sistemas Regionais da Sabesp, Ricardo Borsari, tem atuado bem junto as prefeituras

Borsari esteve na Ilha conversando com a prefeita Gracinha. Segundo ele, Ilhabela ainda esta construindo seu plano municipal de saneamento e contratou uma consultoria externa para elaborar o documento.

“Não ter saneamento numa cidade que vive e depende do turismo é impensável. Estamos trabalhando no processo de convencimento para agilizar a assinatura do contrato com Ilhabela”, comentou.

Segundo ele, existe interesse por parte da  prefeita de continuar com os serviços da Sabesp. A demora na finalização do plano municipal de saneamento básico, segundo ele, deve-se as conversas que a prefeitura estaria tendo com a câmara de vereadores e com as organizações não governamentais.

A prefeitura informou nesta quinta(7) que o plano já está pronto e foram realizadas diversas oficinas a respeito. Segundo a prefeitura, o projeto encontra-se no jurídico para análise e posterior encaminhamento à Câmara.

Investimentos

Borsari explicou ainda que a Sabesp não vinha fazendo grandes investimentos por causa da falta da assinatura do contrato com os municípios da região. Com a renovação do contrato com as prefeituras os investimentos devem ser agilizados.

A empresa, ainda segundo ele, enfrenta muito problemas devido a ocupações irregulares, onde por lei não a Sabesp não pode fazer obras de infraestrutura de água e esgoto.

“Vejo que as prefeituras e o Ministério Público estão atuando na regularização dessas áreas, isso permitirá que a Sabesp faça obras de instalação de água e esgoto para beneficiar quem vive nesses locais”, comentou.

 

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: