Cidades Segurança Pública

Litoral Norte teve nove mortes em janeiro

O Litoral Norte registrou nove mortes em janeiro. Foram quatro em Caraguá, quatro em Ubatuba, uma em Ilhabela. São Sebastião não registrou nenhum homicídio em janeiro.
A Secretaria de Segurança Pública divulgou as estatísticas referente ao mês de janeiro. Caraguatatuba teve quatro mortes, quatro estupros, 55 roubos, três roubos de veículos e 210 furtos durante o mês de janeiro.
Ubatuba registrou quatro mortes, cinco estupros, 109 roubos e 171 furtos no mesmo período.
São Sebastião não registrou nenhuma morte em janeiro. Foram registrados na cidade cinco estupros, 16 roubos e 103 furtos ao longo do mês. Ilhabela teve uma morte, três estupros, um roubo e 67 furtos no período.
Balanço
 Segundo a Secretaria de Segurança Pública, a  região do Vale do Paraíba e litoral norte terminou o primeiro mês do ano com redução em todas as modalidades de furtos, nos roubos de carga e de veículo, bem como na quantidade de vítimas de homicídio doloso. Os latrocínios ficaram estáveis. No período não houve casos de roubo a banco e extorsão mediante sequestro.
Os furtos em geral caíram 9%, com 196 ocorrências a menos. O indicador passou de 2.180 para 1.984, se comparados janeiro de 2019 e 2020. Da mesma forma, os furtos de veículo recuaram 27,8%, com uma diferença de 105 boletins. A quantidade passou de 378 para 273. Os números dos dois indicadores foram os segundos menores da série histórica, iniciada em 2001.
A tendência se estendeu para o roubo de veículo, que apresentou 14 ocorrências a menos no período – passou de 115 para 101. A quantidade é a segunda menor da série histórica.
No primeiro mês do ano foram registrados 11 boletins a menos de roubo de carga (de 20 para 9), se comparado a igual período de 2019. Os roubos a banco, por sua vez, ficaram zerados pela oitava vez consecutiva.
Em contrapartida, os roubos em geral cresceram 11,6%, com um total de 700 casos.
Outros indicadores
Os homicídios dolosos ficaram estáveis em janeiro, com 29 ocorrências. Entretanto, houve duas vítimas a menos desse crime no período.
Com os resultados, as taxas dos 12 últimos meses (de fevereiro de 2019 a janeiro de 2020) caíram para 11,69 casos e 12,09 vítimas de morte intencional para cada grupo de 100 mil habitantes. Os índices são os menores da série histórica.
A região de São José dos Campos fechou o primeiro mês de 2020 com um boletim de latrocínio e uma vítima. Os números são iguais aos contabilizados em janeiro de 2019.
No período houve três ocorrências a mais de estupro. O indiciador passou de 69 para 72, se comparado o primeiro mês do ano anterior com o deste ano.
O indicador de extorsão mediante sequestro, por sua vez, ficou zerado. É a 19ª vez que isso acontece.
Produtividade
O trabalho das polícias paulistas na região do Vale do Paraíba e litoral norte, em janeiro, resultaram em 826 prisões e na apreensão de 122 armas de fogo ilegais – 21 a mais que igual período de 2019. Também foram registrados 239 flagrantes por tráfico de entorpecentes – um aumento de oito boletins.
error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: