Cidades Ilhabela

Prefeita Gracinha visita ETA Água Branca

Prefeita Gracinha Ferreira visita a ETA da Água Branca

Objetivo foi conhecer a moderna tecnologia do sistema de ultrafiltração da compacta ETA da Sabesp

Acompanhada de secretários municipais, a prefeita de Ilhabela Maria das Graças Ferreira dos Santos Souza, a Gracinha, visitou nesta quinta-feira (6), a Estação de Tratamento de Água (ETA) do bairro Água Branca, região central, que terá sua produção ampliada, de 100 para 150 litros por segundo. A comitiva conheceu a moderna tecnologia da ETA compacta que utiliza sistema de ultrafiltração, considerado referência mundial na atualidade.

A visita, orientada pelos dirigentes, técnicos e funcionários da Sabesp (Companhia de Saneamento, foi iniciada pelo laboratório e depois a prefeita e autoridades conheceram as outras instalações do estágio de tratamento e visitaram a Unidade Móvel Potabilizada, para conhecer de perto o funcionamento com a tecnologia da ETA compacta. De acordo com a Sabesp, a ultrafiltração é uma barreira física que tem por objetivo remover os sólidos suspensos coloides e vírus presentes na água.

A ideia inicial da Sabesp era manter esse moderno equipamento até o mês de março de 2020, mas o superintendente da empresa, Rui César Rodrigues Bueno, informou à prefeita que o prazo foi prorrogado para, pelo menos, até março de 2021. Rui recebeu as autoridades acompanhado Pedro Fernando Ponce, gerente da Sabesp em Ilhabela. A ETA Água Branca é responsável pelo abastecimento de 80% do município, fornecendo água da Barra Velha, região central, à Pacuíba, no norte do arquipélago. Por isso é considerado o principal sistema de abastecimento.

Muito mais

A administração municipal pretende ampliar ainda mais a capacidade de tratamento de reservação de água para mais de 13 milhões de litros. Somente com a construção de dois novos reservatórios, do sistema Pombo, no Bexiga, Sul da ilha, e do sistema Green Park, região central, será possível ampliar a capacidade de reservação para mais 3 milhões. O reservatório do Bexiga terá sua capacidade transformada em 150 mil litros para 2 milhões de litros de água, enquanto o Green Park subirá de 50 mil litros para 1 milhão de litros de água.

A ampliação dos reservatórios, entre outras medidas, faz parte do projeto de universalização do saneamento nos próximos anos, projeto do governo municipal que prevê grandes investimentos no setor. O orçamento da secretaria de Meio Ambiente para 2020 está estimado em aproximadamente R$ 120 milhões.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: