Caraguatatuba Cidades

Rotary faz entrega de equipamentos para a maternidade de Caraguá

O Rotary Club de Caraguatatuba Poiares em parceria com o Distrito 4571 de Rotary International, entregam para a UTI Neonatal da Maternidade da Casa de Saúde Stella Maris em Caraguatatuba novos equipamentos. Foram doados: quatro Incubadoras Neonatal Estacionária, dois Berços Aquecidos de UTI Neonatal e sete Bombas de Infusão de Seringa. Os investimentos totalizaram R$ 199.900,00 e foram adquiridos com recursos provenientes do Subsídio Global aprovado pela Fundação Rotária, conforme projeto apresentado à Fundação Rotária pelo clube.

A maternidade da Casa de Saúde Stella Maris em Caraguatatuba é o “hospital de referência no atendimento materno-infantil” para as quatro cidades praianas e até mesmo, para algumas outras cidades da Região Metropolitana do Vale do Paraíba, conforme informa a Diretora Administrativa, Sra. Tatiane Santos.

A entrega dos equipamentos foi feita no dia 14 por uma comitiva do Rotary Club de Caraguatatuba Poiares, que contou com as presenças da presidente Alessandra Aparecida Ferreira Antunes, de Dante Bachi Junior), que lideraram o projeto, e ainda, pelos associados do Rotary Club de Caraguatatuba, Gov. Distrital de Rotary International, Augusto Antunes Corrêa Filho (2001 – 2002), e do Rotary Club de Ubatuba, Dr. Juscelino Mendes de Almeida Neto (Pediatra), o Governador do Distrito 4571 do Rotary International, GD João Weslley Trigo Lage visitou em 14 de janeiro de 2020 a Casa de Saúde Stella Maris em Caraguatatuba/SP.

Atualmente os atendimentos da maternidade atingem uma média de 170 partos/mês, dos quais, em média 23 partos são prematuros, resultando uma taxa de ocupação da UTI Neonatal de 80,65% ao mês com permanência de 10 dias em média por internação”.

A Sra. Tatiane Santos, enfatizou a importância e os benefícios dos novos equipamentos, e agradeceu ao Rotary o apoio. “Para manter este serviço, atualmente ofertado à população e garantir a segurança dos pacientes da maternidade, especialmente os prematuros, foi verificada a necessidade da substituição dos equipamentos antigos, dando origem ao “Programa Renascer”, que visa atualizar os equipamentos por novos com melhor tecnologia, procurando diminuir os impactos negativos em decorrência das excessivas interrupções para reparos e manutenções” e, conclui “A aquisição de novos equipamentos, repercutirá positivamente no modelo humanizado de atendimento na UTI Neonatal”, disse .

 

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: