Cidades Ubatuba

Sargento teria sido agredido e morto com cinco tiros

Será sepultado nesta terça(14), em Ubatuba, o terceiro sargento Fábio Rodrigo de França. De 36 anos, que foi morto ontem, no bairro da Marafunda.

O horário do sepultamento ainda não foi definido porque a família ainda aguarda a chegada de parentes que residem no Paraná.

O velório acontece na Funerária Litorânea, desde às 15h30. O sargento que trabalhava no 20° BPM/I, era natural de Ubatuba, tinha 14 anos de corporação e deixa esposa e um filho de um ano e nove meses.

Sargento Fábio França com o filho em evento da Polícia Militar

Os comandantes da PM no Vale do Paraíba e Litoral Norte lamentaram a morte do policial militar. O prefeito de Ubatuba, Délcio Sato e moradores postaram mensagens de pêsames à família nas redes sociais. A morte do PM, natural de Ubatuba, abalou a cidade.

Crime

Segundo informações, o policial, após o serviço, seguia de moto até a sua casa, quando teria sido abordado por dois homens em uma motocicleta.

O corpo dele foi encontrado por um motoboy, por volta da meia noite e meia desta segunda(13).

O motoboy acionou a Policia Militar.  O sargento foi socorrido até a Santa Casa da cidade, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu.

Segundo informações extraoficiais, o PM teria sido agredido com pauladas e coronhadas, antes de ser baleado com cinco tiros, que atingiram o pescoço, costela e quadril.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil como latrocínio, roubo seguido de morte, uma vez que teriam levado a arma dele.

Não estaria sendo descartada a possibilidade de uma possível vingança contra o policial. Suspeita-se que mais de uma pessoa tenha participado do crime.

O delegado Bruno de Azevedo Aragão é quem coordena as investigações. Segundo informações, duas pessoas foram detidas e levadas para deporem na delegacia. Não se sabe se elas ficaram presas ou foram liberadas.

Não conseguimos contatos com o delegado Bruno Aragão. O setor de Investigações da Delegacia de Ubatuba alegou que somente o delegado poderia dar informações sobre o caso, que também está sendo investigado pela Corregedoria da Polícia Militar.

 

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: