Caraguatatuba Cidades

Tradicional Feira de Artesanato de Caraguá será transferida de local na temporada

A Feira de Artes e Artesanato de Caraguatatuba vai se transferir temporariamente da Praça Diógenes Ribeiro de Lima pra a Praça Ton Ferreira, na praia central da cidade.

A mudança de endereço será necessária para que a prefeituras possa dar início, a partir de janeiro, às obras de revitalização da Praça Diógenes Ribeiro de Lima.

A feira é um dos locais mais procurados pelos turistas que visitam a cidade nos fins de semana e temporada de verão.

O casal Walter e Cleide Silva, da cidade de Campinas, todas as vezes que frequentam a cidade passam pela feira para levar lembranças aos filhos e netos e amigos.

“É uma ferinha muito legal, com várias atrações. Adoro passear pela feira”, comentou Cleide, que é artista plástica.

Trabalham na feira 83 artesãos. Os artesãos de fora da cidade expõem no local durante todo o dia, mas o movimento é maior durante a noite, a partir das 20 horas.

No local, são expostos vários tipos de artesanatos produzidos pelos artesãos locais, entre eles, bijuterias, luminárias, e bolsas.

Há muitos anos, a prefeitura tenta revitalizar a praça para melhorar a infraestrutura do local, que é.visitado por milhares de pessoas na temporada de verão.

Mudança

A mudança temporária da feira para a Praça Ton Ferreira, foi definida na última segunda(16), numa reunião entre o prefeito Aguilar Júnior; a presidente da Fundacc, Silmara Mattiazzo; o secretário de Urbanismo, Wilber Cardozo; o secretário da Fazenda, Nelson Hayashida; o secretário de Turismo, Rodrigo Tavano; e, os artesãos da feira.

Artesão participaram de reunião com prefeito Aguilar Júnior

Todos os 83 artesãos licenciados foram convidados e os 49 presentes participaram da votação que definiu que as obras devem ser iniciadas já em janeiro de 2020. Ao total, 41 artesãos votaram a favor ao início imediato dos processos, contra oito votos que pediam o início somente após o Carnaval, em meados de fevereiro.

Além disso, os artesãos concordaram com a transferência das barracas para a Praça Ton Ferreira de forma temporária, devido ao fechamento da Praça Diógenes Ribeiro para obras.

Segundo o prefeito Aguilar Junior, a revitalização contará com uma nova estrutura e vai dar à praça, segundo ponto turístico mais visitado da cidade, um novo aspecto.

“Este ponto tem que ser valorizado e respeitado. A obra beneficiará os próprios artesãos que há anos esperam por esta mudança. Estamos enfrentando mais um assunto que por muito tempo foi colocado de lado”, destacou.

Para a presidente da Femaac(Feira Municipal de Arte e Artesanato de Caraguatatuba), Rosiane Faria, a revitalização da Diógenes é algo que todos aguardavam ansiosamente.

“Esta obra é de grande importância para as famílias que vivem do artesanato, pois é de onde tiram sua renda. E sua reforma atrairá um grande número de turistas não só para a Praça, mas para a cidade também”, destacou.

Cronologia da Obra

Em setembro de 2018, o prefeito assinou convênio com o Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (DADE), órgão da Secretaria de Turismo do Estado, para a liberação de recursos na ordem de R$ 5,5 milhões para revitalização das praças Diógenes Ribeiro de Lima (Praça dos Artesãos), no Centro, e Praça Antonio Fachini (Artesanato), na Praia Martim de Sá, além de R$ 2 milhões para a reforma e ampliação do píer do Camaroeiro.

No entanto, por conta da mudança de Governo do Estado, a liberação dos recursos foi cancelada e um novo processo foi iniciado, o que acabou atrasando o processo das obras. Em setembro de 2019 o convênio para a revitalização da Praça Diógenes Ribeiro de Lima (Praça dos Artesãos) foi novamente aprovado e a Prefeitura retomou os procedimentos.

O projeto da Praça Diógenes prevê a construção de 90 quiosques fixos e 10 locais reservados para expositores eventuais, que ficarão em um deck separado para visitantes ou envolvidos em projetos sociais. A praça compreende uma área total de mais de 11 mil m².

O projeto também compreende a reforma e ampliação do banheiro público; do espaço do Programa “Acessa SP”, projeto de internet gratuita; implantação de contêineres e lixeiras do Programa de Coleta Seletiva, além de melhorias na iluminação interna da praça.

A arborização existente passará por uma manutenção e receberá o plantio de espécies nativas conforme novo projeto paisagístico elaborado pela Secretaria de Urbanismo. A praça atenderá todas as políticas de acessibilidade para que toda a população usufrua do espaço.