Caraguatatuba Dengue

Dengue avança: Caraguá já tem 400 casos e três mortes pela doença

Os casos de dengue cresceram assustadoramente em Caraguá nos últimos dias, segundo informou o prefeito Aguilar Júnior, em entrevista coletiva concedida na tarde desta quarta(17). A cidade tem 400 casos positivos de dengue e 1.000 casos suspeitos, aguardando o resultado dos exames no Instituto Adolfo Lutz.

Prefeito Aguilar Júnior: população precisa ajuda para evitarmos uma possível epidemia

Ouça na integra a entrevista coletiva concedida pelo prefeito Aguilar Júnior sobre o avanço da dengue em Caraguá:

 

Três pessoas já morreram por dengue desde o início do ano na cidade. E, nove estão internadas em situação mais crítica. Aguilar Júnior disse que se a população não colaborar a cidade poderá enfrentar uma epidemia de dengue. Ao longo de todo o ano passado foram registrados 10 casos de dengue na cidade.

“Estamos muito preocupados e agindo para reduzir esses índices, mas a população precisa ajudar mais. Estamos fazendo visita casa a casa, vistoriando residências e terrenos baldios para eliminar criadouros, realizando bota fora nos bairros, ampliando o número de profissionais e aumentando o número de vagas. A nossa parte estamos fazendo. A situação é bem crítica”, explicou Aguilar Júnior.

Segundo ele, os bairros mais afetados são Barranco Alto, Porto Novo e Pegorelli, todos na região sul. Aguilar Júnior contou que o número de pessoas atendidas nos UPAs centro, norte e sul chegou a 1.200 pessoas nesta terça(16). “A maioria, de casos suspeitos de dengue”, adiantou. A média de atendimento diário era de 400 pessoas. O prefeito contratou vagas em um hospital de São José dos Campos porque os leitos das UPAs e da Santa Casa já estão lotados.

O secretário de Saúde, Amaury Toledo, fez um alerta: “A população tem que entender que é preciso adotar medidas para evitar os criadouros. A situação é grave, pois a dengue mata. Se as pessoas colaborarem poderemos superar esse momento crítico, basta limpar ralos, calhas, não deixar água parada ou lixo armazenado indevidamente…São ações simples, mas que podem evitar a epidemia”.

O prefeito pediu colaboração,  também, dos veranistas, para que mantenham seus imóveis limpos. “Já autuamos 50 proprietários e nossa equipe de fiscais irá ampliar as fiscalizações. Contratamos cinco empresas para fazer a vistoria”, disse Aguilar Júnior.

 

2 Comentários

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: