Caraguatatuba Geral

Corregedoria da Fundação Casa abre sindicância para apurar rebelião em Caraguá

A Corregedoria Geral da Fundação CASA, vinculada a Secretaria de estado da Justiça e Cidadania, instaurou  uma sindicância para investigar o tumulto ocorrido no centro socioeducativo de Caraguatatuba no início da noite desta quarta-feira (12).
O centro fica na Estrada do Pirassununga, na região sul de Caraguá. Os internos se rebelaram por volta das 18 horas de ontem, ocuparam algumas alas do centro educativo e depredaram algumas instalações.

Jovens depredaram instalações

A polícia militar foi acionada, mas não adentrou a unidade. Permaneceu no lado externo para impedir uma possível tentativa de fuga dos infratores. Durante a rebelião foi desligado o sistema de iluminação do centro.
Segundo nota divulgada pela Fundação Casa, a situação teve início por voltas das 18h e acabou às 19h30 e foi controlada pelos próprios servidores do centro socioeducativo. Durante a situação, não houve feridos e reféns  A Polícia Militar foi acionada somente para dar apoio externo.
A fundação acionou o Instituto de Criminalística da Policia Civil para fazer uma perícia no centro e apurar os danos causados pelos jovens acolhidos no local. Não teria havido remoção e nem transferência de internos devido a rebelião.
O CASA Caraguatatuba está com 59 jovens em atendimento, a capacidade é de 64. Segundo a fundação, o judiciário e os familiares dos jovens envolvidos serão informados do ocorrido.
Em dezembro de 2013, após rebelião, 54 internos fugiram do local. Na ocasião, o MP(Ministério Público) chegou a pedir a interdição do estabelecimento.
%d blogueiros gostam disto: